O que fazer em Luxemburgo – Roteiro de 1 dia

Saiba o que fazer em Luxemburgo, a capital do país com mesmo nome, um pequeno Estado soberano localizado na Europa Central, entre a França, Bélgica e Alemanha. Ainda pouco visitada pelos brasileiros, a cidade tem seu charme e atrações, podendo ser facilmente conhecida em uma viagem bate-volta de algum dos países ao seu redor. Nós reservamos 1 dia para conhecê-la. Chegamos de trem de Trier e de lá seguimos de trem para Frankfurt, ambas na Alemanha.

Luxemburgo

Luxemburgo tem pouco mais de meio milhão de habitantes e uma área de aproximadamente 2586 km². Possui uma economia em constante crescimento, com um dos maiores PNB (Produto Nacional Bruto) per capita do mundo e baixos índices de desemprego e inflação. O governo é uma monarquia parlamentarista e o país faz parte da União Europeia e da zona do Euro. Os idiomas falados são o francês e o alemão, porém praticamente todo morador também fala inglês. Há muitos portugueses, brasileiros e pessoas oriundas de países que falam espanhol morando lá, sendo super comum ouvir nossa língua e a espanhola.

COMO CHEGAR

A melhor forma de chegar na cidade Luxemburgo é de trem. Há partidas diárias de várias cidades dos países vizinhos, como Bruxelas (3:30h), Paris (2:12h), Frankfurt (3:40) e de Trier (1:10h) de onde é possível comprar uma passagem especial que a Bahn oferece, chamada Luxemburgo Especial, que permite ir de Trier a Luxemburgo e voltar no mesmo dia, ou no próximo, pagando apenas €9,90.

Dessa forma, quem tem pouco tempo pode fazer um bate-volta a partir de qualquer dessas cidades ou incluir Luxemburgo no caminho entre uma e outra. Por exemplo, Ir de Bruxelas para Luxemburgo e então para Trier, Frankfurt ou Paris.

Nós utilizamos a GoEuro para pesquisar e reservar nossas passagens em nossa última viagem para Europa. A GoEuro é um portal comparador de preços que faz pesquisas e mostra as opções aéreas, rodoviárias e ferroviárias para o trajeto pesquisado. Todo em português (de Portugal), é de fácil utilização e não cobra taxas. Recomendamos!

O que fazer em Luxemburgo

Centro de Luxemburgo

O que fazer em Luxemburgo

A capital Luxemburgo é charmosa, cheia de belas construções e paisagens. Algumas das principais atrações são a Corniche – conhecida como a varanda mais bonita da Europa, de onde é possível ver toda a cidade baixa de Luxemburgo, o Bock – uma fortificação natural e o centro histórico. Esse roteiro foi pensado para quem chega a cidade nas primeiras horas da manhã e ao fim da tarde/início da noite parte para o próximo destino. Mas não é preciso correr, com 6 a 8 horas na cidade é possível conhecer as principais atrações, na maior parte do tempo caminhando, sendo necessário utilizar o transporte público apenas para os deslocamentos entre a estação de trem e o centro histórico e vice-versa.

Chegando na estação de trem, caso tenha necessidade, procure pelo guarda volumes (luggage storage) e guarde sua mala ou mochila pagando alguns euros. Em seguida saia da estação e vá ao ponto de ônibus que fica do mesmo lado da rua que a estação e pegue um ônibus ou tram para o centro da cidade (linhas 29,144, 192, 194,195). Também é possível ir caminhando, são apenas 1,2 km.

Desça próximo a Place Guillaume II, onde começa o nosso roteiro.

O que fazer em Luxemburgo

Place Guillaume II, (estava passando por reformas).

Centro Histórico

O nosso tour caminhando por Luxemburgo começa pela Place Guillaume II, a praça principal do centro histórico da cidade. Nessa praça está o Escritório de Turismo onde você pode conseguir um mapa e a funcionária irá marcar os principais pontos turísticos e te dar algumas dicas. Nessa praça também acontecem as feiras de época (artesanato, flores, natalina) e durante o inverno funciona uma pista de patinação no gelo. Bem em frente está a Escultura de Willian II, rei e duque que estabeleceu a primeira constituição parlamentar do Grão-Ducado; o Hotel de Ville onde funciona a prefeitura da cidade e uma Fonte de água potável onde você pode encher sua garrafinha.

Bem pertinho dali está o Palácio dos Duques (Grand Ducal Palace), onde é possível ver uma pequena troca de guarda, que acontece de hora em hora. Ao lado desse palácio está a Câmara dos Deputados, outra interessante edificação do centro histórico.

O que fazer em Luxemburgo

Palácio dos Duques.

Vá em direção a Rue du Cure e caminhe para a esquerda até a segunda esquina, lá está a Place d’ Armes. Lá está o lindo prédio do Cercle Municipal que sedia eventos e exposições. Caso não se interesse em entrar, pode aproveitar para tomar o “petit dejeuner”, café da manhã no estilo francês que é servido em diversos restaurantes ao redor da praça.

Está gostando desse post? Que tal curtir nossa página no Facebook?

Siga pela Rue Chimay na direção do ponto de início do roteiro. Na 3ª quadra está a Place de la Constitution e o Monument du souvenir (Monumento da lembrança), um obelisco com uma escultura da deusa grega Nike que homenageia os mortos na 1ª guerra mundial e atualmente simboliza a liberdade e resistência do povo luxemburguês.

O que fazer em Luxemburgo.

Monument du souvenir.

Caso você queira incrementar esse roteiro, visite o parque Vallé de la Pétrusse que está aos pés das Place de la Constitution. É um parque muito bonito que fica em um vale repleto de natureza onde os moradores praticam esportes. Caso opte por conhecer o parque, esteja preparado para descer e subir muitas escadas, mas com certeza o esforço vale a pena.

O que fazer em Luxemburgo

Vista do Parque Vallé de la Pétrusse da Place de la Constitution.

Virado em direção ao centro histórico siga para a direta e a duas quadras está a Catedral de Notre Dame de Luxemburgo. Essa igreja católica, construída em 1613 em arquitetura gótica com elementos renascentistas, tem colunas decoradas com arabescos, vitrais dos séculos XIX e XX, confessionários neogóticos e esculturas modernas em baixo relevo. A entrada é gratuita.
Catedral de Notre Dame Luxemburgo.

Catedral de Notre Dame.

O que fazer em Luxemburgo

Interior Catedral de Notre Dame.

Siga agora para uma das regiões mais bonitas da Europa, o Chemin de la Corniche. Pegue a Rue Notre Dame na direção contrária a da Place de la Constitution até a altura do Museu da História de Luxemburgo. Próximo ao museu está o mirante Chemin de la Corniche, de onde você terá uma bela vista da cidade e do Grund (cidade baixa). Também chamada de “a mais bela varanda da Europa” (de acordo com o escritor luxemburguês Batty Weber), Corniche é um dos locais mais visitados pelos turistas em Luxemburgo.
Chemin de la Corniche

Vista de Chemin de la Corniche.

Chemin de la Corniche Luxemburgo

Vista de Chemin de la Corniche.

O que fazer em Luxemburgo

Vista de Chemin de la Corniche.

Preste atenção nas fortificações de pedra com pequenas janelas, elas são as Bock Casemates, outra importante atração da cidade. Trata-se de túneis e galerias subterrâneas utilizadas no passado para passagem, defesa, armazenamento e que serviram de abrigo para mais de 30 mil pessoas durante a 2ª Guerra Mundial. Escavados na rocha, chegaram a ter 23 quilômetros de extensão e até 40 metros de profundidade. Foram declarados Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Ficam abertos para visitação apenas em algumas épocas do ano, geralmente do início de fevereiro ao início de novembro.  A entrada custa €6,00 para adultos, €5,00 para estudantes e idosos e €3,00 para crianças. Confirme datas e valores no site oficial do Turismo de Luxemburgo.
O que fazer em Luxemburgo

Bock Casemates.

E para finalizar o roteiro, aproveite para descer até o bairro Grund, a cidade baixa de Luxemburgo. É possível descer por uma ladeira e retornar por um elevador. O bairro é muito famoso entre moradores e turistas, pois é repleto de restaurantes, bares e vida boêmia. Do Corniche e Casemates se tem uma bela visão do Grund com suas construções em tom pastel com telhados acinzentados, pincelados com o verde da vegetação.
O que fazer em Luxemburgo

Cidade Baixa vista do Chemin de la Corniche.

Se você ainda não almoçou, procure um bom restaurante e aproveite, afinal você está em Luxemburgo e é bem provável que nunca mais voltará a visitar esse pequeno país, uma boa razão para gastar aqueles euros reservados para ocasiões especiais.

Em Luxemburgo a alimentação é um pouco mais cara que a média da Europa. Mas você pode aproveitar e almoçar em alguns dos restaurantes franceses da cidade. A maioria tem o “menu du jour”, opção econômica que inclui entrada, prato principal e sobremesa por cerca de 15 euros. A cidade tem muitos Cafés com deliciosos pães, bolos, doces, chocolates tentadores.

No mapa abaixo estão marcados os pontos desse roteiro. Clique, baixe o mapa off-line e siga o roteiro pela tela do seu celular. Se precisar, durante o trajeto encontre uma rede Wi-Fi aberta, geralmente lanchonetes e restaurantes disponibilizam e em algumas regiões de Luxemburgo há uma rede da prefeitura com acesso gratuito, basta se conectar.

Vale a pena visitar Luxemburgo?

A resposta definitivamente é sim! A cidade é linda, repleta de prédios e construções históricas, lindas vistas, rica gastronomia e está pertinho de destinos clássicos na Europa. Planejar um dia na cidade, seja através de um bate-volta ou com uma pernoite, com certeza vai enriquecer seu roteiro, além de incluir um país a mais na sua lista de países visitados.

Roteiro de 20 dias pela Europa

Esse post faz parte do relato do Roteiro de 20 dias pela Europa.

Leia também

Roteiro de 20 dias pela Europa

Como planejar uma Eurotrip

Mochilando no Inverno Europeu

O que fazer em Berlim

O que fazer em Trier

O que fazer em Frankfurt

O que fazer em Munique

O que fazer em Heidelberg

O que fazer em Colônia

Gostou? Deixe sua dúvida ou comentário!