fbpx

6 cidades alemãs para incluir no roteiro

A Alemanha é um país repleto de história e paisagens encantadoras. São tantas cidades interessantes para visitar que seriam necessários meses para conhecer todas elas. Nesse post elegemos 6 cidades alemãs para incluir no roteiro da sua viagem e ter a certeza que experimentou um pouco de tudo que a Alemanha tem a oferecer.

Berliner Dom

Catedral de Berlim.

Minha primeira vez na Alemanha foi em um mochilão de 60 dias pela Europa em 2013. A única cidade visitada naquela oportunidade foi a capital Berlim. Gostei tanto que ficou a certeza de que eu iria voltar para conhecer melhor o país. Em 2016 apareceu uma boa oportunidade de passagens aéreas para Frankfurt e foi então que eu decidi voltar a Alemanha. Em um mochilão de 20 dias pela Europa passei pela AlemanhaSuíçaPolônia e Luxemburgo, visitando o total de 10 cidades, das quais 6 foram na Alemanha.

zugspitze alemanha

Montanha Zugspitze.

O país, que é um dos mais visitados da Europa, tem cidades que são verdadeiros museus a céu aberto. Com uma história fascinante que remonta ao Império Romano, às duas Guerras Mundiais e a Guerra Fria, a Alemanha é um exemplo para o mundo de superação. Suas paisagens, castelos e florestas também atraem muitos visitantes, não podendo ficar de fora do seu roteiro pelo país.

viajar de trem pela Europa

Estação de trem em Berlim

6 cidades alemãs para incluir no roteiro

Nesse post elencamos as 6 cidades alemãs que, ao nosso ver, não podem ficar de fora do seu roteiro pela Alemanha. É claro que existem muitas outras que merecem ser visitadas na Alemanha, mas se você não tem tempo suficiente para conhecer todas, pode ter certeza que visitando essas 6 cidades terá uma visão ampla do que é a Alemanha e do que ela tem a oferecer a nós turistas.

1 – Berlim

A capital da Alemanha não pode ficar de fora do seu roteiro pelo país. Berlim, talvez tenha sido a cidade que mais me surpreendeu em toda Europa. Isso porque eu não tinha tanto expectativas quanto ao que iria encontrar por lá, mas a cidade me encantou tanto na minha primeira visita em 2013, quando eu passei 3 dias por lá, que em 2016 resolvi voltar e ficar mais 03 dias.

Parlamento Alemanha

Reichstag – O Parlamento alemão.

Berlim respira história e é um verdadeiro museu a céu aberto. Foi o centro de importantes momentos da história mundial, como as guerras mundiais, a guerra fria e o holocausto. Apesar de ter sido quase que totalmente destruída durante a 2ª Guerra, hoje ela é uma cidade moderna, bonita e desenvolvida.

Portão de Brandenburgo, Berlim

Portão de Brandenburgo.

Se você se interessa por história, em Berlim vai encontrar mais de 175 museus. Também poderá ver o que sobrou do muro de Berlim, que por muitos anos dividiu a Alemanha capitalista da Alemanha socialista, além de aproveitar os lindos parques e praças da cidade.

Memorial de Guerra Soviético, Berlim

Memorial de Guerra Soviético.

Quem vai a Europa em busca de festas vai se encontrar em Berlim, a capital europeia das festas. Suas festas, clubes e bares atraem jovens de todo o mundo. Alguns festas chegam a durar o fim de semana inteiro, sendo que algumas pessoas entram na sexta e só saem no domingo. Berlim, sem dúvidas, é uma das cidades mais liberais da Europa. Não importa qual seja sua tribo, com certeza vai encontrar o que procura na capital da Alemanha.

Memorial ao Holocausto

Memorial ao Holocausto.

Saiba mais no post O que fazer em Berlim.

2 – Colônia

A cidade de Colônia é um dos destinos mais visitados na Alemanha, chegando a receber 6 milhões de turistas por ano. Sua principal atração é a Catedral de Colônia, em alemão “Kölner Dom”, a 3ª igreja mais alta do mundo, que incrivelmente não foi destruída durante a 2ª Guerra Mundial.

Catedral de Colônia

Catedral de Colônia.

Fundada no século I d.C, Colônia foi a capital da província romana da Germânia Inferior e quartel-general do exército romano na região até a ocupação pelos francos em 462. Durante a 2º Guerra foi uma das cidades mais bombardeadas na Alemanha, sendo quase toda destruída e tendo sua população reduzida em 95%.

Ponte cadeados Colônia

Ponte Hohenzollernbrücke.

Colônia é também um centro cultural, abrigando dezenas de museus e centenas de galerias de arte. Em 1 dia completo é possível conhecer as principais atrações da cidade, porém para quem tem mais tempo, o melhor é reservar 2 dias.

Fischmarkt Colônia

Fischmarkt – Centro de Colônia.

Saiba mais no post O que fazer em Colônia.

3 – Trier

Essa é a cidade mais antiga da Alemanha e que já foi a Capital do Império Romano no Ocidente. Chegou a ser apelidade de “segunda Roma” e serviu de residência para 6 imperadores. Abriga vários monumentos e ruínas dessa época, sendo que alguns são considerados Patrimônios Mundiais da Unesco. Trier chega a receber 4 milhões de visitantes por ano.

O que fazer em Trier

Centro de Trier.

Também é a cidade natal de Karl Marx, sendo também procurada por turistas interessadas nesse tema. Com 1 dia completo é possível conhecer as principais atrações de Trier. A Porta Nigra, ou Porta Negra, é o cartão postal da cidade e ponto turístico mais visitado. Foi construída pelos romanos em 180 d.C. e era um dos 4 portões de entrada da cidade. De lá é fácil chegar aos demais atrativos a pé, sendo o ponto de partida para conhecer Trier.

cidades alemãs para incluir no roteiro

Porta Nigra.

Saiba mais no post O que fazer em Trier.

Dom St. Peter Trier

Catedral de Trier.

De Trier é possível fazer um bate-volta a Luxemburgo, capital do país de mesmo nome. Basta comprar uma passagem especial de trem chamada Luxemburgo Especial, que permite ir de Trier a Luxemburgo e voltar no mesmo dia, ou no próximo, pagando apenas €9,90, em apenas 1:10h de viagem.

4 – Frankfurt

Geralmente as pessoas desembarcam por lá apenas para o voo de conexão para outro destino dentro da Alemanha ou da Europa e nem chegam a sair do aeroporto. Mas Frankfurt, a capital financeira da Alemanha, é repleta de atrações e deve ser incluída no seu roteiro.

Frankfurt, Alemanha

Vista da Main Tower em Frankfurt.

A cidade que foi severamente bombardeada durante a 2ª Guerra, foi quase completamente destruída, sendo reconstruída após o fim do conflito. Hoje é o centro financeiro e de transportes da Alemanha e o maior centro financeiro da Europa continental, tendo sido apontada em 2011 como a sétima cidade em qualidade de vida do mundo.

cidades alemãs para incluir no roteiro

Hauptwache, Frankfurt

Frankfurt me surpreendeu e me arrependi de não ter ficado mais tempo por lá. Talvez tenha sido o charme das cores do outono, a facilidade de locomoção graças a ótima rede de transporte público, a educação e elegância das pessoas, os muitos artistas de rua, os arranha-céu, a tranquilidade e segurança da cidade, o fato é que Frankfurt me conquistou e ficou a sensação de que um dia eu voltarei a visitá-la.

O que fazer em Frankfurt

Praça Römerberg, Frankfurt.

Saiba mais no post O que fazer em Frankfurt

5 – Heidelberg

Heidelberg é uma das cidades medievais mais bonitas e bem preservadas da Europa. Localizada em um vale às margens do rio Neckar, é a cidade universitária mais antiga da Alemanha. Da Universidade de Heidelberg, fundada em 1386, já saíram 5 prêmios Nobel. A cidade foi também um dos centros da Reforma Protestante, tendo acolhido Martinho Lutero em 1518.

cidades alemãs para incluir no roteiro

Ponte Antiga de Heidelberg.

Considerada a cidade mais romântica da Alemanha, Heidelberg foi poupada dos bombardeios durante a 2ª Guerra, pois não era uma área industrial e não abrigava nenhuma importante base nazista.

cidades alemãs para incluir no roteiro

Ponte Antiga de Heidelber.

A cidade tem muitas atrações que podem ser facilmente conhecidas em apenas 1 dia. Boa parte dos visitantes chegam a cidade em viagens organizadas por agências de turismo ou fazem um bate-volta por conta própria. A principal é o seu castelo de arquitetura gótica e renascentista, uma das ruínas mais famosas da Alemanha.

cidades alemãs para incluir no roteiro

Castelo de Heidelberg.

Saiba mais no post O que fazer em Heidelberg

6 – Munique

A capital da Baviera oferece muitas atrações e é considerada por muitos a cidade mais bonita da Alemanha. Munique também é ponto de partida para alguns passeios bate-volta como o Castelo Neuschwanstein, a montanha Zugspitze e o Campo de concentração de Dachau.

O que fazer em Munique

Palácio Nymphenburg.

Fundada em 1158, foi destruída pela metade durante a 2ª Guerra e reconstruída nas décadas posteriores ao fim do conflito. Lá é realizada anualmente a Oktoberfest, a tradicional festa alemã que é um dos principais alicerces turísticos da Alemanha.

O que fazer em Munique

Old Town Hall, Munique.

Além de todas as atrações naturais e arquitetônicas, Munique possui muitos parques, museus e uma animada vida noturna. Com um dia completo é possível conhecer a maior parte das atrações localizadas dentro da cidade, mas o ideal é reservar ao menos 2 dias para conhecer a cidade.

O que fazer em Munique

Marienplatz, Munique.

Saiba mais no post O que fazer em Munique

SEGURO VIAGEM PARA EUROPA

União Europeia, através do Tratado de Schengen, exige do viajante a apresentação de seguro viagem com cobertura de ao menos 30 mil euros.

Nós sempre utilizamos a Seguros Promo para contratar seguro viagem e recomendamos. Use o cupom MOCHILAOBARATO5 na tela de pagamento e garanta 5% de desconto e mais 5% de desconto para pagamento via boleto. Caso prefira, o pagamento ainda pode ser feito em até 12 vezes no cartão de crédito.

Comparar


Leia também

Documentos necessários para viajar para Europa

Como tirar passaporte

Roteiro de 20 dias pela Europa: Alemanha, Polônia, Suíça e Luxemburgo

Eurotrip! Viajando pela Europa gastando pouco!

Mochilando no Inverno Europeu

Como escolher uma mochila de viagem

Como funciona a imigração na Europa

Qual moeda levar para Europa

Já ouviu falar da Rota Romântica da Alemanha? No blog Mulher Casada Viaja tem um post super completo: Rota Romântica Alemã: que cidades visitar e outras dicas.
O blog Mapa na Mão conta tudo sobre o Castelo de Neuschwanstein, aquele da Cinderela.

Gostou? Deixe sua dúvida ou comentário!