Miami Beach gastando pouco

Em julho de 2015 realizamos uma viagem de carro pela Flórida. Visitamos Miami Beach, Keywest e Orlando. Ficamos três dias em Miami Beach, de lá fomos para KeyWest e por fim Orlando onde visitamos os parques da Universal, SeaWorld e Buch Garden e é claro, nas horas vagas fizemos algumas compras, isso tudo economizando onde era possível e nesse post contamos como é possível, mesmo com o dólar nas alturas, conhecer a Flórida gastando pouco!

Miami, Keywest e Orlando

O Planejamento para visitar a Flórida

Conseguimos passagens pela TAM saindo de Campo Grande e chegando em Miami com breve escala em São Paulo por R$ 1.536,75 ida e volta já com as taxas e pudemos dividir em 05 vezes sem juros no cartão de crédito.

Compramos com os ingressos com antecedência para os parques de Orlando através do site da decolar.com e pudemos dividir tudo em 06 vezes sem juros.

O VOO

Decolamos de Campo Grande às 03:43h com destino ao Aeroporto de Congonhas em São Paulo, onde chegamos às 06:25h e fomos direto para o local de ontem partem os ônibus gratuitos da TAM que interligam o Aeroporto de Congonhas ao de Guarulhos. Chegamos em Guarulhos por volta das 08:30h, realizamos o check-in no terminal 3, que foi inaugurado recentemente, e já fomos para área de embarque internacional. A aeronave da TAM não era confortável, com poltronas apertadas e que quase não reclinavam e sistema de entretenimento fraco, com poucos filmes, além de serviço de bordo que deixou a desejar. Mas como o voo não era diurno e não era tão longo sobrevivemos, rs!

O avião pousou em Miami às 18:15h e ainda estava bem claro e quente. Usamos o transporte público para nos deslocar do aeroporto até Miami Beach. Essa é obviamente a forma mais barata de se deslocar entre o aeroporto e seu hotel e é a nossa primeira dica para economizar em Miami.

Como ir de ônibus do aeroporto de Miami para Miami Beach

Nos três dias que ficamos em Miami Beach preferimos não alugar um carro tendo em vista que por lá nem sempre os hotéis possuem estacionamento e os que possuem cobram taxas altíssimas pelo uso do mesmo. Além disso estacionar nas ruas é bem caro e é complicado achar um vaga e a verdade é que em South Beach você pode fazer tudo a pé ou de bicicleta. Então essa é a segunda dica para economizar em Miami. Se você for no intuito de curtir Miami Beach e suas lindas praias e atrações não vai precisar de carro. Deixe para alugar um quando for se deslocar para Orlando.

O ônibus 150 Metrobus faz o trajeto aeroporto de Miami – South Beach e faz parte do sistema Metrobus da cidade. Os veículos possuem porta-bagagens, assentos confortáveis e wi-fi gratuito. A passagem custa U$ 2,35 e pode ser comprada em uma máquina no ponto de ônibus. Não demorou para vir e o trajeto levou cerca de 30 minutos.

Para encontrar o ponto basta pegar o MIA Mover, um monotrilho gratuito que liga os terminais do aeroporto e descer na Metrorail Station. Basta seguir a sinalização dentro do aeroporto com as indicações MetroBus e ao chegar a estação de ônibus procurar pela placa Route 150.

Miami, Keywest e Orlando

Ônibus 150 Aeroporto de Miami x Miami Beach

Hospedagem em Miami Beach

O ônibus 150 nos deixou bem próximo ao hotel que nos hospedamos. Escolhemos um hotel chamado Princess Ann Hotellocalizado em South Beach, bem no “olho do furação”. Um hotel simples porém limpo, ótima cama e travesseiros, TV LCD 47″, canais por assinatura, bom banheiro, apenas a ducha muito baixa, eu com 1,83m precisava me abaixar para lavar a cabeça, mas nada que prejudicasse o banho, localizado no coração se Miami Beach a uma quadra da praia. Ponto de ônibus próximo. Não possuiu estacionamento. Café da manhã estilo americano e igual todos dias, servido no lobby de forma improvisada, mas de graça! O quarto que fiquei (315) era bem silencioso. Disponibilizam cofre nos quartos.

Café da manhã Americano

Café da manhã Americano

O que fazer em Miami Beach

Nosso principal objetivo em Miami Beach era curtir dois dias completos de praia antes de seguir para o sul da Flórida, onde visitamos KeyWest e depois para o norte da Flórida, onde visitamos Orlando.

Curtir praia em Miami Beach é algo totalmente diferente de curtir praia aqui no Brasil. A primeira grande diferença é a limpeza, que infelizmente por aqui , muitas das vezes não é das melhores. Não há vendedores ambulantes e nem mesmo barracas. Na verdade próximo a cada ponto de Guarda-vidas há uma barraca, porém ela vende apenas água, sucos e batidas, não vi cerveja por lá. Nelas não se encontra nenhum petisco. Se o banhista quiser comer algo deve sair da praia e procurar algo em alguns dos restaurantes ou lanchonetes da orla e arredores. Outro detalhe é a segurança. Deixamos nossas coisas na areia, incluindo celular e carteira e ninguém nem mesmo chegou perto. E não fomos os únicos, praticamente todo mundo faz isso por lá.

Miami Beach

Miami Beach

Um detalhe interessante é que o Americano e os imigrantes que moram por lá não usam sunga, preferem um calção mesmo e as mulheres não usam biquíni e sim maiô. Praticamente todas as pessoas de sunga e maiô eram brasileiras. Como era pleno verão a temperatura ambiente estava bem alta, por volta dos 34 graus e a água estava bem morna. Estava simplesmente deliciosa!

Miami Beach é uma cidade ótima para curtir atividades ao ar livre, ver gente bonita, curtir a vida noturna, fazer passeios no mar, explorar a gastronomia e curtir os carros esportivos caríssimos , que dificilmente são vistos em tanta quantidade em outro lugar do planeta.

Miami Beach

Passear a pé ou em um bicicleta alugada é a melhor forma de conhecer a Ocean Drive, a avenida beira-mar de South Beach e uma das principais da cidade. Outra rua de muito sucesso é a Lincoln Road. É a rua comercial de Miami Beach e concentra lojas das grifes mais caras e famosas do mundo.

Pedalando pela Orla de Miami Beach

Pedalando pela Orla de Miami Beach

Como Miami é um destino onde o mar e as ilhas fazem parte do dia a dia, fazer um passeio de barco é uma ótima pedida. Nas águas de Biscayne Bay você vai conhecer as casas dos milionários e de diversos artistas. Se sua viagem for em época da temporada da NBA outra boa pedida é assistir um jogo da equipe local, os Miami Heat  no American Airlines Arena. Por lá também sempre há shows com os maiores artistas do mundo. Tivemos sorte de estar por lá no show do Sam Smith e é claro que não perdemos a oportunidade.

Passeio de lancha ultra-rápida em Biscayne Bay.

Passeio de lancha ultra-rápida.

Está gostando desse post? Que tal curtir nossa página no Facebook?

DICAS PARA ECONOMIZAR EM MIAMI
  • As praias de Miami são as mais bonitas da Flórida, conhece-las é uma forma de economizar por lá, já que é um passeio com custo praticamente zero. Os únicos gastos serão com alimentação, bebidas e guarda-sol. Para diminuir esses gastos é só passar no Walmart ou em algum dos supermercados de Miami Beach e comprar água, refrigerantes e comida para levar para praia. Outra opção é fazer como nós, ficar hospedado em um hotel bem próximo da praia e sempre que der fome é só dar um pulo no hotel para se alimentar daquilo que foi comprado nos supermercados.
  • Outra dica é comprar um guarda-sol pois o aluguel deles na praia não é nada em conta.
  • Negociar com os promotores dos bares e restaurantes da Ocean Drive, sempre é possível conseguir algum desconto ou alguma bebida gratuita. A comida não é tão cara, mas para economizar ainda mais dá para pedir uma porção de batata fritas ou uma pizza.
  • A maioria dos hotéis americanos não oferecem café da manhã gratuito, porém em quase todos há microondas, frigobar e às até fogão nos quartos. O ideal é escolher um que ofereça café da manhã, já que mesmo que não seja como os dos hotéis do Brasil já quebra um galho. Além disso, eles já deixam algumas frutas como maças e bananas embaladas para que os hospedes levem para os passeios. Não precisa ter vergonha. Todo mundo pega.
  • Caso o hotel escolhido não ofereça café da manhã o ideal é fazer compras em um supermercado logo no primeiro dia. Tomar café da manhã em lanchonetes e restaurantes pode ser extremamente caro.
  • Você também pode optar por comprar comida congelada e usar o microondas do hotel. Isso é tão comum que no mercado a atendente vai te oferecer talheres de plástico. Fizemos isso algumas vezes e economizamos bastante.
  • Se preferir comer fora é possível sim achar um restaurante com bons preços. Basta bater perna e não ter vergonha de olhar os preços e se achar muito caro sair e procurar outro. As redes de fast food são uma boa pedida, já que os preços são sempre muito menores que os dos restaurantes comuns.  Os restaurantes costumam anunciar uma “oferta do dia”, com preços promocionais. Além disso os pratos nos EUA são grandes e dependendo do tamanho da fome dá para dividir um lanche entre duas pessoas tranquilamente.
  • Nós economizamos também não alugando carro em Miami. Isso porque nossa intenção era apenas curtir praia. Deixamos para fazer compras em Orlando e em um dia livre que tivemos em Miami na volta de Orlando. Se sua intenção for parecida com a nossa deixe para alugar o carro do dia que for partir para Orlando ou para outra cidade, assim você economiza com o aluguel do carro, estacionamento e combustível e se precisar ir algum lugar mais longe e não quiser usar o transporte público pode chamar um táxi ou então usar o Uber. Usamos o Uber em Miami e é impressionante como há carros deles para todo lado. Além disso é muito mais barato e confortável que os táxis tradicionais e você paga através do aplicativo mesmo, com débito em seu cartão de crédito.
  • Se quiser utilizar o Uber, clicando aqui e realizando o cadastro você irá ganhar 20 dólares para usar na primeira viagem. Provavelmente ela saíra de graça. Você pode pedir todos que estejam com você para instalar o aplicativo e realizar o cadastro e assim terão várias viagens grátis. Essa é uma dica valiosa para quem quer economizar em Miami.
COMO ALUGAR UM CARRO EM MIAMI

Se você preferir alugar em carro em Miami a melhor opção é retirá-lo já no aeroporto. Realmente é muito mais cômodo e prático transitar de carro pela cidade, principalmente para quem viaja em família ou em um grupo de amigos. Nós preferimos deixar para alugar um carro apenas no dia que seguimos para Key West. Depois seguimos com ele até Orlando e devolvemos em Miami no dia do retorno para o Brasil. Utilizamos o site RentCars para fazer a reserva, foi onde encontramos o menor preço. Tudo ocorreu bem e recomendamos!

Para continuar a acompanhar o relato dessa viagem e de todas as nossas outras viagens assine o nosso blog no campo “Assinar o Blog” ao lado e receba notificações em seu e-mail sobre a continuação desse relato e sobre a publicação de novos posts.

Curtam nossa página no Facebook e nos sigam no Instagram.

Espero que estejam gostando!

Continua no próximo post!

Próxima parada Key West!

2 Comments

Gostou? Deixe sua dúvida ou comentário!