Zugspitze – A montanha mais alta da Alemanha

Zugspitze é a montanha mais alta da Alemanha e fica pertinho de Munique. Abriga uma estação de esqui e é uma das montanhas mais bem estruturadas de todo o mundo, permitindo o acesso ao cume até mesmo de idosos e pessoas com mobilidade de locomoção. Se você também é apaixonado por montanhas e por neve, visitando a Baviera, não deixe de conhecer Zugspitze. Saiba como nesse post.

zugspitze alemanha

Montanha Zugspitze.

A montanha Zugspitze tem 2.960 metros de altitude e fica em uma cidade Garmisch-Partenkirchen, a menos de 100 quilômetros de Munique, na fronteira com a Áustria, sendo possível chegar lá utilizando o transporte público. No inverno, esquiadores do mundo inteiro vão a sua super estruturada estação de esqui, assim como turistas que só buscam apreciar a neve.

Tirol - Zugspitze

Teleférico Tirol – Zugspitze

Mas durante todo o ano há diversas atividades para se fazer por lá, mesmo quando não há neve na maior parte da montanha, na geleira do Zugspitze sempre há a chamada neve eterna.

Zugspitze na Alemanha

Plataforma de observação.

É uma das montanhas de alta altitude mais acessíveis de todo o mundo. Em poucos lugares é tão fácil chegar ao topo de uma montanha alpina sem precisar fazer qualquer tipo de caminhada e muito menos escalada (apesar de existirem várias vias para quem prefere subir assim), sendo necessário apenas tomar um trem ou um trem e um teleférico.

Como chegar em Zugspitze

Para chegar em Zugspitze utilizando o transporte público, basta pegar um trem da DB Bahn na estação central de Munique com destino a Garmisch-Partenkirchen. O bilhete de ida e volta custa €22 e você pode voltar no horário que quiser. Os trens partem de hora em hora e a viagem dura 1:25h.

Garmisch-Partenkirchen

Estação Garmisch-Partenkirchen.

Você pode comprar a passagem pelo site da DB Bahn, pelo aplicativo da empresa ou ainda diretamente nas máquinas das estações de embarque. O aplicativo é muito útil, pois apresenta informações completas de forma simples como numeração dos trens, plataforma de embarque, preços e horários.

Teleférico Eibsee

Teleférico Eibsee ao Topo.

Quem viaja em família ou grupo de amigos pode utilizar os bilhetes coletivos, onde é possível incluir várias pessoas no mesmo bilhete por um valor promocional, gerando uma boa economia. O ticket ida e volta custa os mesmos 23 euros e a cada pessoa incluída gera um custo extra de 5 euros, até um máximo de 5 pessoas. Crianças e adolescente menores de 15 anos viajam de graça desde que acompanhadas pelos pais ou avós.

Atenção: esse preço só vale em trens regionais (Regio), não sendo permitido embarcar nos trens Intercity (IC), Eurocity (EC) ou Intercity Express (ICE). De 2ª a 6ª é permitido embarcar em qualquer trem que saia após 9h e nos sábados e domingos em qualquer horário.

Zugspitze

Vista do topo.

Topo do Zugspitze

Para acessar a montanha é preciso sair da estação de Garmisch-Partenkirchen e seguir as placas que indicam Zugspitze. A uma pequena distância está a bilheteria do parque, de onde parte o trem de cremalheira vai até o topo do Zugspitze, passando antes pela estação de Eibsee, a 980 metros de altitude. Até Eibsse são 35 minutos de viagem por meio a lindos cenários.

Eibsee Cable Car

Eibsee Cable Car

É possível seguir viagem no trem até o topo em uma viagem de mais 45 minutos, porém a maioria prefere desembarcar em Eibsse para apreciar a beleza do lago de mesmo nome e então tomar um teleférico para a estação do cume, que vai dos 980 metros de altitude aos 2.962 metros do topo em apenas 13 minutos, em um trajeto que além do visual inesquecível, garante muita emoção e adrenalina, já que o teleférico chega a ficar na vertical por alguns segundos, já próximo da estação no cume.

Atividades

No topo da montanha há uma plataforma com vários pontos de observação, de onde nos dias de tempo claro é possível desfrutar de uma visão panorâmica de 360° com vista de mais de 400 picos, vales e lagos da Áustria, Itália, Suíça e Alemanha.

topo do Zugspitze

Vista do topo do Zugspitze.

No topo é possível tomar dois teleféricos que levam a geleira onde está o gelo eterno e é possível ver neve durante todo o ano, assim como as brincadeiras com trenó. Mesmo durante o verão (junho a outubro) estão disponíveis mini-trenós gratuitos na pista que fica logo atrás do restaurante Gletschergarten. Já no inverno é possível alugar trenós e capacetes na loja de esqui e esquiar em uma das três montanhas para esqui: Hausberg, Kreuzeck e Alp­spitze – que garantem uma área de esqui diversificada, ideal desde iniciantes a profissionais.

Pista de Esqui Zugspitze

Pista de Esqui.

Não deixe de conquistar a montanha Wank, já que não é necessária nenhuma experiência alpina, bastando caminhar com algum esforço e chegar ao cume de 1.780 metros, de onde se tem uma linda vista do local.

Zugspitze

Em diferentes pontos da montanha há quiosques e restaurantes que vendem bebidas e comidas rápidas, assim como opções de buffet para almoço. Ter uma boa refeição ou mesmo tomar um delicioso chocolate quente nesse incrível cenário é algo imperdível.

Mapa Zugspitze

Mapa Zugspitze (fonte: divulgação)

Para utilizar o trem de cremalheira, teleféricos, assim como ter acesso a montanha Zugspitze é preciso pagar. Há diferentes opções de tickets e os preços podem ser conferidos no site oficial da atração.

É possível visitar o Zugspitze a partir de Tirol na Áustria, sendo necessário adquirir tickets do Tiroler Zugspitzbahn, sendo os preços inclusive mais acessíveis, porém com oferta menor de atrações.

Zugspitze


O que fazer em Berlim

O que fazer em Trier

O que fazer em Frankfurt

O que fazer em Heidelberg

O que fazer em Colônia

Gostou? Deixe sua dúvida ou comentário!