fbpx

Veneza para mochileiros – roteiro de 1 dia e dicas para economizar

Veneza na Itália é uma das cidades mais caras da Europa. Esse roteiro de 1 dia em Veneza para mochileiros foi pensado para quem quer conhecer a cidade de forma econômica. Veja as principais atrações de Veneza, como planejar sua viagem e como economizar.

Canal Veneza

Grande canal de Veneza.

O formato da cidade de Veneza visto de cima lembra um peixe. Essa cidade ímpar em todo mundo foi construída sobre 117 pequenas ilhas e milhares de canais, é cheia de pontes e está listada como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Tem cerca de 55 mil habitantes e chega a receber 50 mil turistas por dia, totalizando cerca de 24 milhões de visitantes por ano, 4 vezes mais do que todo o Brasil recebeu em 2016, ano que sediamos as Olimpíadas de verão (fonte: El País).

Roteiro de 1 dia em Veneza

Ponte di Rialto.

O roteiro descrito nesse post foi utilizado durante minha Eurotrip de 60 dias em 2013. Eu reservei 1 dia e 1 noite para conhecer Veneza. Cheguei de trem de Viena e de lá segui de trem para Roma.

Roteiro de 1 dia em Veneza

Gôndolas no Grande Canal.

COMO CHEGAR EM VENEZA

A viagem de Viena para Veneza foi realizada no trem noturno da Companhia de trens austríaca ÖBB. O Nightjet é aquele tipo de trem noturno que vemos nos filmes com cabines que podem ter desde 3 até 6 camas, onde o viajante pode reservar uma cabine para sua família/amigos ou compartilhar com pessoas desconhecidas, caso não viaje acompanhado. Há também a opção de viajar nas tradicionais poltronas, menos confortáveis, porém é mais barato que viajar em cabines. A viagem dura cerca de 11h, saindo de Viena às 21:27h e chegando em Veneza às 08:24h. As passagens custam a partir de €29 em assento do tipo poltrona e €54 nas cabines com camas.

Para quem vem de Milão, Florença ou Roma a melhor opção são as viagens de trem. Para quem vem de outros países é bem provável que a melhor opção seja voar, tanto pelo tempo de viagem quanto pelo custo, já que é muito fácil encontrar voos com bons preços nas cias aéreas de baixo custo europeias.

A melhor forma encontrar sua passagem de ônibus, trem ou avião na Europa é pesquisar através do site Omio, antigo Goeuro, um portal comparador de preços que faz pesquisas e mostra as opções para o trajeto. Todo em português, é de fácil utilização e totalmente confiável. Nós utilizamos a GoEuro em nossas últimas viagem para Europa e recomendamos.

HOSPEDAGEM ECONÔMICA EM VENEZA

Tenha em mente que o custo da hospedagem em Veneza será um dos maiores da sua viagem pela Europa. É até possível encontrar hospedagem barata em Mestre, na parte da cidade no continente, mas dormir em um dos prédios históricos em alguma das vielas de Veneza será uma das experiências mais originais da sua viagem. Além disso, quem fica hospedado fora da ilha principal precisa usar o transporte público, seja ele barco ou trem, para visitar os atrativos da cidade, o que toma tempo e dinheiro, além disso os tickets não são nada baratos.

A região próxima da Estação de Trem Santa Lucia é a mais indicada para encontrar hospedagem econômica em Veneza. Dali até as principais atrações da cidade são cerca de 20 minutos caminhando. Além disso essa estação é a principal porta de chegada e saída de Veneza, facilitando as coisas principalmente para quem viaja com bagagem pesada. Na baixa temporada, durante o inverno europeu, fica bem mais barato se hospedar em Veneza. Já durante o verão os preços atingem o pico, ficando extremamente altos.

Roteiro de 1 dia em Veneza

Praça de São Marcos.

Uma das opções mais baratas de Veneza, o Youth Venice Palace San Marco fica pertinho da Praça de São Marcos, onde estão os principais pontos turísticos. Os quartos são bem espaçosos, o atendimento muito bom, a localização excelente e as diárias estão entre as mais baixas que você vai encontrar. É uma boa opção para quem quer ficar bem localizado e não se importa com conforto.

O hostel Generator Venice, da rede europeia Generator, é uma opção para quem quer se hospedar em albergue, porém com um pouco mais de conforto. Entretanto esse hostel não fica na ilha principal e sim na ilha de Guidecca, a uma parada de Vaporetto da Piazza San Marco. O hostel ocupa um edifício histórico que combina história com design contemporâneo, contando com luxuosos pisos em mosaico, um lustre em vidro e uma imponente lareira de pedra. Tem quarto amplo com boas camas, banheiros limpos e bom custo benefício. Vale lembrar que se hospedar fora da ilha grande gera a necessidade do uso do transporte público. O ticket de 24h ilimitado custa cerca de €20 e os barcos em Veneza funcionam 24h por dia.

O que fazer em Veneza

Veneza é uma daquelas cidades europeias onde a melhor forma de conhecer os atrativos da cidade é caminhar praticamente sem rumo, perdendo-se por entre as ruelas e canais, até porque é impossível não se perder por Veneza, uma das cidades que eu conheço que mais se assemelha a um labirinto. Pode ter certeza que você vai curtir bastante as atrações que descobrir ou esbarrar pelo caminho.

Quem não gosta ou tem dificuldades para caminhar tem a opção de deslocar-se por Veneza de barco, já que por lá não há tráfego de automóveis. O principal meio de transporte de Veneza é o Vaporetto, um tipo de balsa que transporta passageiros e tem pontos de parada próximo as principais atrações da cidade.

Roteiro de 1 dia em Veneza

ROTEIRO DE 1 DIA EM VENEZA

Como eu cheguei no início da manhã em Veneza, tive o dia inteiro e o período noturno para conhecer as principais atrações da cidade. Se você só separou 1 dia do seu roteiro para conhecer Veneza, tente chegar na cidade o mais cedo possível, já que são muitos atrativos, a ponto de muita gente defender ser um desperdício passar apenas 1 dia por lá. Mas fique tranquilo, há também aqueles que defendem que 1 dia inteiro é suficiente para Veneza, incluindo nós, até pelo alto custo da cidade para quem viaja no estilo mochileiro.

Esse roteiro foi feito todo a pé, mas fique a vontade para incluir algumas viagens de Vaporetto. Se você optar por fazer tudo a pé, não se esqueça de levar uma pequena mochila com itens básicos e dependendo da época um agasalho ou capa de chuva.

Comece seu roteiro de 1 dia em Veneza pela Ponte di Rialto, um dos pontos turísticos mais bonitos da cidade. Localizada no Grande Canal de Veneza, essa ponte que antes servia apenas para cruzar o canal, hoje abriga um pequeno centro de compras muito procurado por moradores e turistas. É a ponte mais antiga do Grande Canal e mantém sua arquitetura histórica, sendo considerada um dos símbolos da cidade

Ponte Grande Canal

Ponte di Rialto.

Siga então para a única praça da cidade, a Praça São Marcos (em italiano: Piazza San Marco). Esse é sem dúvidas o principal ponto turístico de Veneza e ao redor de onde estão as principais atrações da cidade, chamada de “o salão mais belo da Europa” pelo poeta Alfred de Musset. Talvez uma das características mais legais do local é o fato de ser um dos poucos espaços urbanos na Europa onde as vozes das pessoas sobrepõem os sons dos automóveis (que não circulam em Veneza).

A Praça São Marcos teve sua construção iniciada no século IX e concentra atrações como a Basílica de São Marcos, a Torre do Relógio, o Grande Canal, o Palácio Ducal, a Antiga Procuradoria, a Ala Napoleônica, o Campanário de São Marcos e a Biblioteca Marciana.

Roteiro de 1 dia em Veneza

Praça de São Marcos, Basílica de São Marcos ao fundo.

Visite a Basílica de São Marcos, uma catedral de arquitetura majestosa que chama atenção pelo seu exterior e interior, mesmo de quem não é religioso ou é de outra religião. É considerada uma obra-prima da arte bizantina fora do Império do Oriente. A primeira igreja construída no local data do ano 828, quando mercadores venezianos adquiriram de Alexandria as supostas relíquias de São Marcos Evangelista. O edifício atual é de 1063 e está aberto a visitações diariamente. A entrada é gratuita, não sendo permitido o acesso com mochilas ou regatas. Há um guarda-volumes de uso gratuito nas proximidades, na lateral esquerda da basílica. Vá preparado para enfrentar a fila para entrada e procedimentos de segurança.

Basílica de São Marcos, Veneza

Basílica de São Marcos.

Se você gosta de ver as cidades que visita do alto, suba ao topo da Torre Veneziana ou Campanário de São Marcos, o prédio mais alto de Veneza, que tem 98,5 metros de altura e foi construído entre os século IX e XII. De lá você terá uma vista panorâmica do Grande Canal, da Praça São Marcos e de boa parte de Veneza. Para subir no Campanário é necessário pagar o ingresso que custa €8.

Campanário de São Marcos, Veneza

Campanário de São Marcos.

O Palácio Ducal fica bem próximo e também merece uma visita. Construído entre 1309 e 1424, abriga uma grande riqueza patrimonial e histórica e é considerado uma obra de arte símbolo da arquitetura gótica. Chegou a ser residência dos dux e até prisão da República de Veneza. A entrada para adultos custa €16 e também inclui os Museu Correr, Arqueológico Nacional e a Biblioteca Nacional Marciana.

Palácio Ducal, Veneza

Palácio Ducal.

Durante a visita se atravessa a famosa Ponte dos Suspiros, outra atração de Veneza. Conta a lenda que o nome da ponte foi dado em referência aos prisioneiros condenados a morte que passaram por ali e suspiravam durante a oportunidade de ver a cidade pela última vez.

Ponte dos Suspiros, Veneza

Ponte dos Suspiros.

Após conhecer as atrações da Praça de São Marcos, tome um vaporetto em direção a ilha de San Giorgio Maggiore, do outro lado do Grande Canal para visitar a Basílica de San Giorgio Maggiore. Projetada pelo famoso arquiteto italiano Andrea Palladio, foi concluída em 1610 e é um exemplo clássico da arquitetura renascentista. É possível subir na torre da basílica, de onde pode-se ver toda a cidade de Veneza. O acesso ao interior da basílica é gratuita e a ao campanário (torre) custa €3.

Roteiro de 1 dia em Veneza

San Giorgio Maggiore vista do Grande Canal.

Tendo conhecido os principais pontos turísticos da cidade, ande sem sem rumo e perca-se pelas ruas e canais de Veneza. Aprecie a culinária local, curta a arte nas ruas e prestigie o trabalho dos pintores e músicos. Aproveite muito sua estádia, afinal você está em uma das cidades mais cobiçadas pelos viajantes em todo o mundo.

Roteiro de 1 dia em Veneza

Grande Canal de Veneza.

A noite não deixe de dar mais uma volta pelo centro de Veneza. Essa talvez seja uma das cidades do seu roteiro onde vale a pena gastar um pouco mais para jantar em um restaurante mais sofisticado e provar a comida veneziana acompanhada de um bom vinho. Mais uma vez, a melhor dica é andar bastante e se encantar com a cidade.

Como economizar em Veneza
  • Pense bem se vai mesmo incluir nas suas prioridades fazer um passeio de gôndola em Veneza. O custo é muito alto, entre €80 a €120, a depender do percurso, e na nossa opinião é um passeio pega-turistas. Como alternativa você pode dar uma volta de traghetto, as gôndolas utilizadas pelos locais para atravessar os canais, pagando um valor irrisório.
  • Se for usar o Vaporetto verifique se vale a pena pagar a viagem unitária (€7 com validade de 60 minutos) ou adquirir um bilhete de frações de horas (12, 24, 36, etc) com direito uso ilimitado durante o período. Acesse o site oficial para ver os valores.
  • Para economizar com alimentação as dicas válidas para qualquer grande cidade europeia também valem em Veneza. Além disso procure locais mais afastados dos pontos turísticos e principalmente da Praça São Marcos, sempre olhe o cardápio e nunca aceite nada que os garçons te sirvam sem antes perguntar o preço, pergunte sobre a cobrança de taxas de serviço, e procure por restaurante que ofereçam o menu do dia (no almoço), combinado que custa em torno de €15 e inclui entrada, prato principal e às vezes sobremesa.
  • Se quiser economizar ainda mais com alimentação é fácil encontrar sanduíches e fatias de pizza por menos de €5. Lá também há unidades das redes de fast food e nos supermercados é possível comprar comida pronta ou congelada. Além disso, muitos hostels costumam organizar noites de pasta onde é serviço alguma massa por um valor simbólico. Além de economizar, é uma ótima oportunidade para fazer amizades.
  • Aproveite as atrações gratuitas de Veneza, que são muitas. Se a grana estiver curta deixe de fora do seu roteiro visitas pagas e a contratação de guias.
  • Como já foi dito, ande bastante. Andar não custa nada e te ajudará a descobrir muitos outros encantos além dos descritos nesse roteiro.
  • Planeje a viagem com antecedência. Se você deixar para reservar hospedagem e comprar suas passagem para Veneza e de lá para próxima cidade em cima da hora, pode ter certeza que vai pagar muito mais caro do que se fizer isso com antecedência mínima de 60 dias. Busque sua hospedagem na Booking.com e suas passagem na GoEuro com a certeza de encontrar os menores preços.
  • Se junte a um Free Walking Tour e conheça melhor a história da cidade em um passeio guiado onde você só paga um valor simbólico, de acordo com seu bolso. A maioria dos hostels organiza e também é fácil encontrar guias oferecendo pelas ruas da cidade.
Roteiro de 1 dia em Veneza

Escultura “Rapaz com um sapo”.

SEGURO VIAGEM PARA EUROPA

União Europeia, através do Tratado de Schengen, exige do viajante a apresentação de seguro viagem com cobertura de ao menos €30.000. Dependendo da sua idade e do número de dias da sua viagem, esse seguro pode ter um custo bem elevado. Porém o leitor do Mochilão Barato não paga caro pelo seguro viagem.

A nossa dica para economizar é comparar os preços de diversas seguradoras através do site SegurosPromo e comprar com até 10% de desconto usando nosso cupom de desconto.

Nós utilizamos a SegurosPromo para contratar os seguros das nossas últimas viagens e recomendamos. Use o cupom MOCHILAOBARATO5 na tela de pagamento e garanta 5% de desconto e mais 5% de desconto para pagamento via boleto. Caso prefira, o pagamento ainda pode ser feito em até 12 vezes no cartão de crédito.

Banner 2


Quer dicas de Roma? O blog Fui ser Viajante tem um post super completo: O que fazer em Roma em 3 dias? Um roteiro para a primeira viagem!

Leia também

Roteiro de 20 dias pela Europa

Como planejar uma Eurotrip

Mochilando no Inverno Europeu

Documentos necessários para viajar para Europa

Como escolher uma mochila de viagem

2 Comments

  1. Isabel 09/01/2019
    • Mochilão Barato 11/01/2019

Gostou? Deixe sua dúvida ou comentário!