fbpx

Roteiro de 4, 5 ou 6 dias em Foz do Iguaçu

Já visitamos Foz do Iguaçu 4 vezes e pretendemos voltar. Nesse post compartilhamos um roteiro de 4, 5 ou 6 dias na cidade que além de abrigar as Cataratas do Iguaçu, tem muitas outras atrações que fazem dela um dos destinos mais bonitos do mundo.

Cataratas do Iguaçu no lado brasileiro
Cataratas do Iguaçu no lado brasileiro.

*Post atualizado em 07/05/2019 com informações e preços de março/2019. 

Foz do Iguaçu é o 2º destino turístico mais visitado no Brasil por estrangeiros, ficando atrás apenas do Rio de Janeiro. A cidade possui muitos atrativos naturais e os empresários da região vem investindo pesado na construção de atrações como o recém inaugurado parque aquático Blue Park e o complexo de parques da DreamLand. Mas o Parque Nacional do Iguaçu continua sendo a atração mais conhecida e visitada. Declarado patrimônio natural da humanidade, abriga as Cataratas do Iguaçu, uma das 7 maravilhas da natureza.

Já estivemos em Foz do Iguaçu 4 vezes e em cada visita conhecemos novas atrações, além de visitar os lados argentino e paraguaio da fronteira. Também pudemos ver as Cataratas do Iguaçu sob perspectivas diferentes, pois a quantidade e transparência das águas do rio Iguaçu mudam de acordo com a época do ano e das condições climáticas.

Cataratas do Iguaçu
Passarelas nas Cataratas lado brasileiro.

Como ir do aeroporto ao centro de Foz do Iguaçu

O aeroporto de Foz do Iguaçu fica a 12 km do centro da cidade, trajeto realizado em 20 minutos de carro pela avenida das Cataratas. O Parque Nacional do Iguaçu está a apenas 4 km do aeroporto. Para ir do aeroporto ao centro você pode escolher entre:

  • Ônibus: a linha 120 atende o aeroporto de Foz do Iguaçu e tem saídas a cada 20 minutos, seguindo pela avenida das Cataratas até o terminal no centro da cidade. Ele passa perto de vários hotéis e se não passar perto da sua acomodação, com certeza no terminal você poderá tomar trocar para outra linha que passe. O valor da tarifa é R$ 3,75 e dá direito a troca de ônibus no terminal. Essa mesma linha vai até o Parque das Aves e Parque Nacional do Iguaçu, porém no sentido contrário ao centro. Em uma das nossas visitas a cidade fomos direto do aeroporto ver as cataratas e deixamos nossa mochila no guarda-volumes do Parque Nacional do Iguaçu. O ruim é que nos dias de mais movimento os ônibus dessa linha costuma rodar lotados.
  • Uber ou táxi: os carros de aplicativos rodam normalmente em Foz do Iguaçu. A viagem de Uber do aeroporto ao centro custa aproximadamente R$30,00. Se você prefere os táxis, não terá dificuldade para encontrar um.
  • Transfer: sua agência de viagem ou hospedagem pode providenciar uma pessoa para te esperar no portão de desembarque e realizar seu transfer. É a opção mais cara, mas com certeza mais segura e confortável. Na Touron o transfer ida e volta custa R$28,50 por pessoa, incluindo o transporte cortesia até o Duty Free Shopping em Puerto Iguazu na Argentina. Apenas a ida ou a volta custa R$14,50. O transporte pode ser compartilhado com outros viajantes, dependendo da demanda do horário e de quantas pessoas viajam com você.

A melhor opção vai do perfil de cada viajante, quantidade de pessoas que viajam juntas, horário de chegada e programação do primeiro dia, além é claro, do tamanho da sua mala. Falando nisso, temos dois posts que podem te ajudar bastante na programação da sua viagem: Como escolher uma Mala de Bordo e Como escolher uma mochila de viagem.

Roteiro de 4, 5 ou 6 dias em Foz do Iguaçu

Nesse post sugerimos um roteiro que pode ser adaptável de acordo com seus interesses e de quantos dias vai ficar em Foz do Iguaçu. Saiba o que fazer, onde se hospedar, pontos turísticos de Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú na Argentina, além de dicas para fazer compras em Ciudad del Este no Paraguai.

Com 4 dias já é possível conhecer as principais atrações de Foz do Iguaçu e ainda visitar a argentina para conhecer o lado de lá das Cataratas do Iguaçu. Se você tem 5 poderá aproveitar para fazer compras em Ciudad del Este no Paraguai e para quem tem 6 dias indicamos uma atração recém inaugurada mas que tem potencial para ser uma das mais visitadas da cidade, o parque aquático Blue Park. Mas é claro que você pode alterar esse roteiro da forma que preferir, retirando passeios, invertendo a ordem e incluindo outros atrativos da região da tríplice fronteira.

1º Dia

Para o primeiro dia desse roteiro em Foz do Iguaçu escolhemos um passeio que ocupa apenas o período da tarde, para que você possa chegar na parte da manhã, ir ao seu local de hospedagem deixar a bagagem (já que o check-in provavelmente será feito só após às 12h e em alguns casos às 14h), almoçar e então seguir para o atrativo.

Visita Panorâmica Itaipu

Após o almoço, no máximo ás 14 horas, siga para a Itaipu, seu primeiro passeio em Foz do Iguaçu. A Usina Hidrelétrica Itaipu Binacional é a maior geradora de energia limpa e renovável do planeta e uma das 7 maravilhas da engenharia moderna. A hidrelétrica organiza vários tours para quem quer conhecer um pouco da história de sua construção e do atual funcionamento.

Itaipu
Comportas abertas na barragem de Itaipu.

Nós já fizemos o Circuito Especial, que é um tour completo pelas áreas internas e externas das instalações, assim como uma visita a barragem para ver o Lago de Itaipu e as comportas de perto, a Visita Panorâmica que acontece apenas na área externa para ver o vertedouro ao topo da Barragem com as 20 unidades geradoras e o Passeio de Kattamaram no Lago de Itaipu, em um embarcação de 35 metros, com capacidade para 200 pessoas, para navegar pelo lago e apreciar o pôr do sol.

Barragem de Itaipu
Usina Hidrelétrica Itaipu

Passeio de Kattamaram

Na nossa segunda visita a Itapu, optamos por fazer um roteiro combinando a Visita Panorâmica com o Passeio de Kattamaram. Às 15 horas iniciamos a Visita Panorâmica e finalizamos o passeio no Porto Kattamaram, onde ficamos aguardando até às 19 horas (era horário de verão), quando embarcamos para um Passeio de Kattamaram, com duração de 1 hora, para navegar pelo lago e contemplar o pôr do sol.

Passeio de Kattamaram no Lago de Itaipu.

Como chegar

O Centro de Recepção de Visitantes de Itaipu está a 12 km do centro de Foz do Iguaçu e 38 km das cataratas (do outro lado da cidade). Você pode chegar lá de transfer (R$ 37,90 com a Touron), táxi ou carros e aplicativos e de ônibus. Se preferir usar o transporte público use as linhas de “Itaipu Dam”, Conjunto C Norte” ou “Conjunto C Sul”, que partem do terminal central de Foz do Iguaçu. A viagem dura aproximadamente 30 minutos e a passagem R$ 3,20.

Mais informações

  • A Visita Panorâmica acontece todos os dias das 9h às 17h, com saídas a cada 30 min e tem duração aproximada de 2 horas. Custa R$ 42 (inteira) e R$ 21 (meia entrada: criança 6-11 anos, estudantes, idosos, professores e outros). Já o Circuito Especial tem duração de 2:30h e custa R$128 (inteira) e R$64 (meia-entrada)
  • O Passeio de Kattamaram – Pôr do Sol, aconteceu atualmente às 17h e custa R$90 (inteira), R$45 (meia entrada). Durante o dia há vários horários com ingressos a R$90 (inteira) e R$45 (meia-entrada), mas sem o charme do pôr do sol no lago.
  • Confirme os valores dos ingressos e veja outras opções de passeios no site oficial do Turismo Itaipu.

Saiba mais no post Itaipu: Visita Panorâmica e Passeio de Kattamaram.

Dreams Ice Bar Foz do Iguaçu

Para fechar muito bem o primeiro dia na cidade, que tal uma experiência bem diferente? Quem visita Foz do Iguaçu não espera passar frio e muito menos encontrar temperaturas abaixo de zero. Mas nos bares de gelo da região isso é possível e muita gente não perde a oportunidade, até porque para a maioria dos brasileiros essa é uma experiência nova.

Ice Bar Foz do Iguaçu
Interior do Dreams Ice Bar.

A região de Foz tem atualmente tem 3 bares de gelo: O Dreams Ice Bar, considerado um dos maiores do mundo, o Ice Bar Brasil – o mais antigo da cidade e o Icebar Iguazu, que fica do lado argentino da fronteira. Para primeira noite desse roteiro em Foz do Iguaçu, vá conhecer o Dreams Ice Bar, que fica do lado brasileiro na fronteira e tem fácil acesso. Esse incrível bar de gelo tem temperaturas de até -15°C e estrutura de mais de 300 m2, sendo reconhecido como um dos maiores bares de gelo do mundo.

Eu amo Foz do Iguaçu
Letreiro “Eu amo Foz do Iguaçu”.

O Dreams Ice Bar faz parte de um complexo formado que também inclui o Museu de Cera, Vale dos Dinossauros, Maravilhas do Mundo. São várias atrações para todas as idades em um só lugar e também é lá que está o letreiro “Eu amo Foz do Iguaçu”.

Mais informações

Horário de funcionamento: diariamente das 08 às 23 horas.
Preço: R$34,90 por pessoa no site da Touron e R$70,00 na bilheteria ou site do atrativo.

Saiba mais no post Dreams Ice Bar em Foz do Iguaçu.

2º Dia

Há muito coisa para fazer em Foz do Iguaçu. Por isso, se você quiser conhecer bem a cidade vai precisar fazer entre 2 e 3 passeios por dia. Reserve o segundo dia do seu roteiro para conhecer o Parque das Aves, o Parque Nacional do Iguaçu onde fica as Cataratas do Iguaçu e a noite faça uma visita ao comércio de Puerto Iguazu, do lado argentino da tríplice fronteira.

Parque das Aves

Saia bem cedo para a primeira atração do dia, o Parque das Aves. Localizado quase de frente ao Parque Nacional Iguaçu, abriga mais de 1100 animais de cerca de 140 espécies. Apesar do nome, no local também há muitos répteis. O parque é lindo, cercado pela mata atlântica e é uma oportunidade única de contato com a fauna e flora da região.

Mas fique tranquilo, esse não é um zoológico. Na verdade o Parque das Aves faz um trabalho de preservação de espécies da Mata Atlântica, sendo a única instituição do mundo com esse foco. 50 % das aves do parque foram resgatadas após sofrerem maus tratos ou tráfico de animais. É o segundo atrativo mais visitado, ficando atrás apenas das Cataratas.

Parque das Aves em Foz do Iguaçu

Como chegar

  • Transfer, táxi, uber ou ônibus Linha 120.

Mais informações

  • A visitação dura em média 01:30 h.
  • Os ingressos custam R$45 (inteira), R$22 (meia entrada), R$10 (moradores da cidade e região) e gratuita para crianças de até 8 anos.
  • Visite o Parque das Aves no mesmo dia que visitar as Cataratas do lado brasileiro, já que ficam bem próximos (quase em frente).
  • Confirme os valores e informações no site oficial do Parque das Aves.

Saiba mais no post Parque das Aves do blog Viajando na Janela.

Cataratas do Iguaçu – lado brasileiro

Basta atravessar a avenida das Cataratas para chegar a portaria do Parque Nacional do Iguaçu, patrimônio natural da humanidade onde estão localizadas as Cataratas do Iguaçu, uma das 7 maravilhas da natureza.

O Parque recebe anualmente mais de 1 milhão de visitantes e sua expressiva variabilidade biológica e a rara beleza das cataratas, fizeram com que o parque fosse declarado Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO em 1986.

Cataratas do Iguaçu lado brasileiro
Cataratas do Iguaçu.

As Cataratas do Iguaçu são formadas pelas quedas do rio Iguaçu com até 80 metros de altura e que alcançam 2780 metros de largura e o número de saltos varia de acordo com a época do ano, chegando a 100 quedas nos períodos de média vazão. O maior volume de água ocorre de outubro a março.

Passarelas Cataratas do Iguaçu
Passarelas nas Cataratas do Iguaçu lado brasileiro.

Dentro do parque nacional é preciso pegar o ônibus do parque, já incluso no valor do ingresso, para chegar as cataratas. Caso opte por ir direto as quedas e goste/possa caminhar, desça na penúltima parada e caminhe pela trilha de 1,5 quilômetro até as cataratas. Mas se você ou alguém do seu grupo possuir alguma deficiência física ou problemas de mobilidade, basta ir até a última parada do ônibus, onde há um elevador que desce até as passarelas.

Dentro do parque há várias opções de passeios, desde caminhadas, passeios de bicicleta, de bote, tirolesa, rapel e até voo de helicóptero e salto de paraquedas. Para conhecer as cataratas sem fazer nenhum dos passeios opcionais, o tempo de visitação é  em média de 2 a 4 horas.

MACUCO SAFARI

Se você gosta de adrenalina, o passeio de bote Macuco Safari não pode ficar de fora do seu roteiro. Com certeza será uma das maiores aventuras da sua vida. Afinal, não é todo dia que chegamos bem perto das quedas de uma das maiores cataratas do mundo. No vídeo abaixo da para sentir um pouco do que é o passeio.

 

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação compartilhada por Mochilão Barato (@mochilaobarato) em

Como chegar

  • Transfer, táxi, uber ou ônibus linha 120.

Mais informações

  • Os ingressos custam R$38 (brasileiros de 12 a 59 anos), R$10 (crianças entre 2 e 11 anos e idosos), R$54 (nacionais adultos do Mercosul) e R$67 (visitantes estrangeiros do resto do mundo).
  • O passeio Macuco Safari custa R$238,10 (adultos) e R$119,05 (crianças e idosos). Recomendamos a Touron para compra antecipada do passeio.
  • O Parque Nacional do Iguaçu funciona diariamente das 9h às 17h.
  • Meio período é suficiente para vistar o lado brasileiro. Mas atenção, a bilheteria fecha às 14h e se você quiser evitar filas, é importante comprar os ingressos antecipadamente, principalmente nos fins de semana, feriados e na alta temporada. Os ingressos podem ser adquiridos no site do parque.

Saiba mais no post Cataratas do Iguaçu – Dicas para visitar o lado brasileiro.

Comércio em Puerto Iguazu – Argentina

Após um dia cheio de atividades no Parque das Aves e no Parque Nacional do Iguaçu, volte para sua hospedagem para um merecido descanso. Para a segunda noite desse roteiro em Foz do Iguaçu sugerimos um passeio pelo centrinho comercial de Puerto Iguazú, cidade vizinha a Foz, só que do lado argentino da fronteira, onde você vai encontrar um Duty Free para compras principalmente de bebidas, cosméticos e perfumes, Cassino, feirinha de artesanatos, Ice Bar e vários restaurantes.

Documentos necessários para entrar na Argentina

Mas atenção, para entrar na Argentina é preciso passar pela imigração daquele país, sendo necessário apresentar documento de identidade com foto no caso de turistas de países pertencentes ao MERCOSUL, e passaporte para turistas de outras nacionalidades.

Para maiores de 18 anos basta apresentar documento de identidade em que seja possível te reconhecer pela foto e que tenha sido emitido preferencialmente há no máximo 10 anos. Menores de 18 anos precisam estar acompanhados de ambos os pais ou portar autorização judicial para viagem internacional pelo pai ou mãe ausente ou pelos dois em caso de viagem desacompanhada de responsável ou acompanhada por outro adulto que não seja um dos pais. Sem essa documentação o menor não consegue atravessar a fronteira. A imigração argentina é rigorosa e todos as pessoas e veículos precisam parar lá para fazer os trâmites de entrada e saída do país.

CNH

Há um acordo que permite a entrada na Argentina portando apenas a CNH brasileira, desde que o viagem se resuma a cidade de Puerto Iguazú e dure no máximo 72 horas. Se você for além de 50 km da fronteira ou for passar mais do que 72 horas na Argentina, é obrigatório identidade ou passaporte.

Como ir de Foz do Iguaçu para Argentina

Há pelo menos 4 formas de ir de Foz do Iguaçu para Puerto Iguazú na Argentina. São elas: carro próprio ou alugado, ônibus de linha, táxi e transfer com empresas turísticas.

  • Ônibus de linha: é o meio mais barato, custando apenas R$5 (maio de 2019). Os ônibus do transporte público que fazem a linha internacional Foz do Iguaçu x Puerto Iguazú saem das proximidades do Terminal de Transportes Urbanos no centro de Foz do Iguaçu e vão até o Terminal de Omnibus de Puerto Iguazú em cerca de 40 minutos, com uma parada na fronteira para os trâmites na imigração argentina. Caso o motorista não espere, mostre a passagem para o próximo ônibus que passar e embarque sem pagar novamente.
    Além do custo, outra vantagem de optar por ir de ônibus é que enquanto os carros e vans precisam entrar na fila da aduana argentina, os ônibus de linha não precisam e vão direto ao guichê da imigração, onde esperam por alguns minutos até que todos façam o processo. Três empresas operam o trajeto, tanto na ida quanto na volta, com horários a cada 20 minutos nos horários de pico. Operam entre 7h e 19:15h do sentido Foz do Iguaçu x Puerto Iguazú e entre 8:15h e 20:15h no sentido inverso. Pergunte na sua hospedagem se há um ponto da linha próximo, já que eles passam por várias ruas e avenidas de Foz. Consulte os horários no no site da Prefeitura de Foz do Iguaçu. Atenção: o último ônibus saindo de Puerto Iguazú é às 8:15h.
  • Táxi: custa caro, cerca de R$100. Mas dependendo do número de pessoas que viajam junto com você pode ser vantajoso financeiramente. Só não se esqueça que na volta terá que pegar um táxi argentino. Os carros de aplicativos não atravessam a fronteira. Outra opção é ir de ônibus e voltar de táxi, economizando bastante na ida e um pouco na volta, pois os táxis argentinos costumam ser mais baratos (negocie o preço).
  • Transfer: lembra do transporte cortesia até o Duty Free Shopping em Puerto Iguazu oferecido pela Touron ao adquirir o transfer ida e volta do aeroporto de Foz? É a oportunidade para utilizá-lo. Só verifique as condições pois a princípio é exclusivo para o Duty Free, que fica longe do centrinho. Mas você pode pegar um ônibus ou táxi e dar uma volta pelo centrinho de Puerto Iguazú e depois retornar ao Duty Free para pegar o trasfer de volta para Foz do Iguaçu ou utilizar apenas a ida, como meio de economizar um pouco e voltar por outro meio. Outra opção é o tour By Night na Argentina que custa R$55,90 por pessoa e faz uma visita noturna ao comércio de Puerto Iguazú passando incluindo uma visita ao Marco das Três Fronteiras, a Feirinha de Puerto Iguazú e ao Comércio Argentino, com tempo para jantar em restaurantes argentinos e desfrutar os tradicionais cortes de carnes argentinas. Esse tour não passa nos Cassinos e no Duty Free Shop.

Entrada na Argentina de carro particular ou alugado

Para entrar na Argentina com carro particular ou alugado, mesmo que apenas para visitar Puerto Iguazú, é necessário registar a entrada e saída do veículo na aduana argentina e adquirir previamente um seguro contra terceiros chamado Carta Verde.

Se for alugar um carro, verifique com a locadora se eles permitem a travessia da fronteira com a Argentina e Paraguai (se for do seu interesse) e como funciona a emissão da Carta Verde.

Já para carro particular, você pode consultar se a sua seguradora no Brasil emite a Carta Verde ou contratar em Foz do Iguaçu. Com certeza sua hospedagem ou agência de turismo te indicará algum lugar para emitir o documento. Não custa caro e pode te livrar de muita dor de cabeça, além de quase sempre solicitarem sua apresentação na aduana argentina. A Carta Verde válida por 3 dias custa em média R$60 (maior de 2019).

Atenção: não é permitido a entrada com carro de terceiros ou que não estejam seu mas não esteja no seu nome. Nesses casos é necessário toda uma documentação para autorizar a entrada no país vizinho, que sinceramente é tanta burocracia que não compensa, sendo muito mais prático ir por outros meios.

Atenção: a cidade de Puerto Iguazú cobra uma Taxa Eco-Turística de visitação de $50 (pesos argentinos) por pessoa, cerca de R$5, que deve ser paga ao acessar a Argentina e é válido por 30 dias.

O que fazer em Puerto Iguazú a noite

No comércio de Puerto Iguazú há várias lojas de artesanato, vinho, roupas, bares e restaurantes. O real é aceito em todo comércio. Não deixe de visitar a feirinha que oferece uma infinidade de alimentos, entre eles queijos, azeitonas de todos os tipos, doces de leite e os deliciosos alfajores.

A cidade possui 3 cassinos, sendo o principal o Cassino Iguazú. Pode ser uma experiência interessante para quem nunca entrou em um cassino. Há máquinas de caça niqueis, roletas e mesas de pôquer. Entrada permitida apenas para maiores de 18 anos.

O Duty Free Puerto Iguazú também é muito procurado por brasileiros para fazer compras, principalmente de cosméticos, bebidas e perfumes. Os preços são em dólar americano e com a desvalorização do real nos últimos anos, nem sempre os preços são vantajosos, então tenha certeza de que está pagando menos do que pagaria no Brasil antes de comprar.

Outro bar de gelo na região que já visitamos é o Icebar Iguazú, um bar pequeno em relação ao Dreams Ice Bar Foz do Iguaçu, mas também todo feito em gelo, com várias esculturas e até o copo de gelo. A permanência máxima é de 30 minutos, os ingressos custam $450 (pesos argentinos), com direito a open bar. São servidos drinks, cervejas e refrigerantes. A música é bem animada e ajuda a esquentar o corpo. Na entrada recebemos casaco e luva, mas vá de calça e sapatos fechados, pois a temperatura no bar gira em torno 10 graus negativos. Se você gostou muito do bar gelado de Foz, é uma oportunidade de conhecer outro bar no mesmo estilo. Mais informações no site do bar.

A feirinha e os restaurantes ficam bem próximos do Terminal de Ônibus da cidade, sendo possível ir caminhando. Já os cassinos e o Ice Bar ficam um pouco afastados, sendo necessário tomar um táxi. O Duty free é o que fica mais longe, já próximo da fronteira com o Brasil. Ou seja, de lá para o centrinho só de ônibus ou táxi.

Saiba mais no post Como ir e o que fazer em Puerto Iguazú do blog Abrace o Mundo.

3º Dia

No terceiro dia do seu roteiro por Foz do Iguaçu, volte a Argentina para conhecer o Parque Nacional do Iguazú, onde ficam as Cataratas do Iguaçu do lado argentino. Siga as dicas e procedimentos já descritos acima para chegar e entrar na Argentina.

Caso você ainda não tenha pesos argentinos, não se esqueça de fazer cambio em alguma das casas de cambio de Puerto Iguazú. Para quem opta por ir de transporte público, estando no centro da cidade argentina, a diferença fica por conta de como chegar ao Parque Nacional do Iguazú.

Cataratas do Iguaçu Argentina
Cataratas do Iguaçu vistas do lado argentino.

Como chegar as Cataras do Iguaçu no lado argentino

  • Ônibus: vá até o Terminal de Omnibus de Puerto Iguazú, como ensinamos acima e de lá pegue o ônibus Cataratas da empresa Rio Uruguay, ao custo de cerca de R$35 (ida e volta), com partidas a cada 30 minutos.
  • Carro, táxi e transfer: siga as recomendações dadas acima, indo até o Parque Nacional do Iguazú caso esteja de carro e contratando táxi ou transfer até lá se essa for sua opção. Um táxi vai sair bem carro, mas às vezes compense se o seu grupo for composto por 4 pessoas. Já o transfer pela Touron custa R$39,90 por pessoa, buscando no local de hospedagem e deixando na porta do Parque (verifique se vão fazer parada para cambio de moedas). Você também pode comprar o tour que já inclui o ingresso das cataratas argentinas e custa R$110,90 em até 12 vezes nos cartões de crédito.

Cataratas do Iguazú – lado argetino

Nós já fomos de transporte público e de transfer. De transporte público é preciso saber que o tempo de descolamento na ida pode ser de até 2 horas e até mais na volta, pois os pontos de ônibus costumam ficar lotados, principalmente nos feriados e férias escolares. Já o transfer, além de ser bem mais confortável, gasta cerca de 1 hora para chegar ao parque argentino.

São muitas as diferenças entre o lado brasileiro das cataratas e o lado argentino. Do lado brasileiro a visão das cataratas é completa, porém de longe. Já do lado argentino é possível chegar bem mais perto das quedas. Para nós não há um lado pior ou melhor que o outro. Na verdade o lado brasileiro e o argentino se completam e recomendamos a visita aos dois lados.

Quando fomos de transfer, saímos de Foz do Iguaçu às 09h e ficamos cerca de 30 minutos aguardando na Aduana da Argentina, já que o movimento de turistas era grande. A entrada do Parque Nacional do Iguazú foi rápida e o real não era aceito na bilheteria do parque. Já nas lanchonetes, restaurantes e lojas dentro do parque a moeda brasileira era aceita normalmente. O motorista fez uma parada em um casa de câmbio de confiança para que fizéssemos a troca de reais por pesos.

Garganta do diabo, Cataratas do Iguaçu lado argentino
Garganta do diabo.

O Parque Nacional do Iguazú impressiona pela beleza da vegetação e fauna. A partir do centro de visitantes, a cada 30 minutos partem trens que fazem paradas nos acessos dos Circuitos Superior e Inferior ou na Garganta do Diabo.

Você poderá escolher entre caminhar por todas as passarelas dos Circuitos Inferior e Superior, além de visitar a Garganta do Diabo ou somente aquelas que te interessarem.

Cataratas do Iguaçu lado argentino

O Circuito Superior é um percurso que permite uma vista panorâmica das quedas. Já o Circuito Inferior tem passarelas que passam dentro da selva e permitem o contato direto com os saltos Duas Irmãs, Chico e Ramirez e  com a muralha de água da queda Salto Bossetti.

Já a Garganta do Diabo é sem dúvidas o maior destaque das cataratas do lado argentino, já que é a queda com maior fluxo de água. O visitante fica a poucos metros da Garganta del Diablo, a queda mais imponente e volumosa dentre as 275 que compõem as Cataratas do Iguaçu.

Cataratas do Iguaçu Argentina
Passarela no caminho para Garganta do Diabo.

Em termos de trilhas, o lado brasileiro é bem menor do que o argentino. Enquanto o lado brasileiro conta com 1.200 metros de trilhas, no lado argentino são mais de 13.000 metros de trilhas.

É preciso ter pique para conhecer tudo isso, sendo praticamente impossível em apenas um dia. Se para conhecer o lado brasileiro basta meio período, para conhecer bem o lado argentino é preciso chegar bem cedo e sair no fim do dia ou fazer a visita em 2 dias.

Mais informações

  • A entrada no Parque Nacional do Iguazú custa $560 ARS para maiores de 12 anos residentes no Mercosul, $ 140 ARS entre 6 e 12 anos e gratuita para crianças até 6 anos. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria ou através do site do parque.
  • Funciona todoos os dias do ano a partir das 8h. O acesso é permitido até às 16:30h e a permanência até às 18h.
  • O ingresso para um segundo dia consecutivo de visitação tem desconto de 50%.

O blog De Mochila e Caneca tem um post super completo sobre o Parque Nacional Iguazú, lado argentino das Cataratas do Iguaçu.

4º Dia

Se esse é o seu último do seu roteiro em Foz do Iguaçu, aproveite para conhecer alguns pontos turísticos importantes que ficaram de fora dos dias anteriores. O City Tour em Foz do Iguaçu é organizado pelas agências de turismo da cidade e é uma oportunidade fácil de conhecer locais impostantes da cidade em um só passeio.

City tour em Foz do Iguaçu

A Touron organiza o City Tour Foz do Iguaçu com duração aproximada de 2:30h e que custa R$39,90 por pessoa. Os principais pontos de interesse visitados são o Templo Budista, a Mesquita de Comunidade Árabe, o Marco das Américas e as lojas de artesanato local.

Templo Budista

Construído em 1996, tem em seus jardins mais de 120 estátuas, cada uma com um significado único, com destaque para a estátua de Buda de 7 metros de altura. Localizado em uma região alta da cidade, é possível ver a Ponte da Amizade. O local é muito bonito e transmite muita paz e tranquilidade, além de ser uma oportunidade de conhecer um pouco dessa cultura e religião tão distantes do nosso dia a dia.

Mesquita de Comunidade Árabe

A Mesquita Muçulmana tem 15 metros de altura e uma linda arquitetura arábica. Os detalhes decorativos inspiram a religiosidade islâmica. É uma ótima oportunidade para desfazer pré-conceitos contra essa religião, cultura e costume dos povos que a adotam. Foz do Iguaçu tem a segunda maior comunidade muçulmana do Brasil.

Marco das Três Fronteiras

Um dos pontos históricos mais importantes de Foz do Iguaçu, marca o local onde as fronteiras do Brasil, da Argentina e do Paraguai se encontram. Lá você estará em 3 países ao mesmo tempo.

templo budista em Foz do Iguaçu
Buda gigante no Templo Budista.

Churrascaria Rafain Show

A noite vá jantar na Rafain Churrascaria Show, uma das mais tradicionais e visitadas de Foz do Iguaçu. Durante o jantar acontece um maravilhoso e fascinante Show Latino-americano representando por artistas de diversos países como Argentina, Paraguai, Chile, Bolívia, Peru e Brasil.

Rafain Foz do Iguaçu
Jantar Show na Churrascaria Rafain.

O Rafain é famoso pela variedade da culinária e por fazer parte do Guinness World Records com o record de maior número de danças típicas apresentadas em um jantar com show. Os espetáculos são interativos, com muito ritmo, figurinos e bailarinos talentosos.

Os ingressos podem ser comprados no site da Touron e custam, incluso o jantar e o show, R$141,90 por pessoa, gratuito para uma criança de até 2 anos a cada 2 adultos pagantes e R$70,05 para crianças entre 3 e 12 anos.

Saiba mais no post Como é o jantar show no Rafain Churrascaria em Foz do Iguaçu.

5º Dia

Blue Park

Se o seu roteiro é de 5 dias, que tal aproveitar para pegar uma praia em Foz do Iguaçu? É isso mesmo, no Blue Park, o mais novo empreendimento da cidade, isso é possível.

O Blue Park é um parque aquático de águas termais, abastecido pelo aquífero Guarani, que foi inaugurado em dezembro de 2018 com o objetivo de ser o maior parque aquático do sul do Brasil.

Blue Park em Foz do Iguaçu
Praia artificial termal.

Suas águas possuem temperaturas em torno dos 36 graus e a maior atração do parque é a praia artificial com 9 tipos de ondas de até 1,20 metro de altura. Essa é a terceira maior praia artificial de água termal do mundo.

As maiores atrações já em funcionamento são a praia artificial de águas termais com 9 tipos diferentes de ondas de até 1,20 metro e o bar molhado onde é possível relaxar e descansar da agitação dos dias anteriores desse roteiro.

Bar molhado no Blue Park
Bar molhado.

Mais informações

  • Os ingressos na bilheteria custam R$100 para visitantes a partir de 12 anos, R$50 para crianças entre 7 e 11 anos e R$20 de 1 a 6 anos. Compras pelo site do parque tem 10% de desconto.
  • Funciona todos os dias das 10h às 17h (durante o horário de verão, nos feriados e no mês de julho, até às 18h).

Saiba mais no post Blue Park – Parque aquático termal em Foz do Iguaçu

6º Dia

Se um dos seus objetivos é fazer compras no Paraguai, dedique um dia completo para visitar Ciudad del Este no lado paraguaio da fronteira. Analise se vale a pena deixar as compras para o último dia do seu roteiro ou fazê-las nos primeiros dias. Se deixar para o último dia tem a vantagem de não ter que se preocupar caso precise deixar algum eletrônico ou algo de mais valor que tenha comprado no hotel ou carro durante os outros dias de passeio. Já ir ao Paraguai nos primeiros dias em Foz te dá a possibilidade de retornar lá para trocar algum produto que apresente defeito.

Compras no Paraguai

Ciudad del Este é uma loucura, mas quem já fez compras na 25 de Março em São Paulo, já entrou em algum shopping popular (camelódromo) das grandes cidades brasileiras ou mesmo fez compras no centro das grande capitais na época de natal, não vai achar nada de outro mundo a movimentação das ruas no Paraguai.

São muitas lojas e que tem preços bem diferentes para o “mesmo produto” em alguns casos. Quando você pergunta “quanto custa?”, muitos vendedores respondem com a pergunta “qual menor preço você já achou?” e te dão preço 5 dólares a menos. Se você responder com um preço muito baixo do valor real tentando dar uma de brasileiro esperto, eles dizem “você achou muito barato, compra lá!”.

Fique atento, as lojas mais sérias identificam os produtos recondicionado com um adesivo na caixa com essa informação, mas outras vendem produtos recondicionados como sendo novos e até mesmo réplicas e falsificações baratas. A dica é sempre exigir que seu produto seja entregue em caixas lacradas, verificar os lacres, abrir e pedir para testar. Confira se o número de série bate com o da etiqueta da caixa, se a embalagem do manual também está lacrada, etc. Mas não se engane, a falsificações tão boas que até mesmo esses detalhes são falsificados.

Com a desvalorização do real nos últimos anos, os preços no Paraguai não são mais tão baixos como foram há alguns anos. Mesmo assim ainda vale a pena cruzar a fronteira para comprar eletrônicos, bebidas, cosméticos, perfumes e roupas.

E se você ainda não conhece o Paraguai, aproveite que está na Tríplice Fronteira Brasil x Paraguai x Argentina e inclua um país na sua lista de países visitados.

Como chegar

  • Ônibus: é fácil ir a Ciudad del Este utilizando o transporte público. O ônibus internacional Brasil x Paraguai sai do centro de Foz do Iguaçu e leva até o centro comercial de Ciudad del Este.
  •  Táxi: é uma boa opção para quem está acompanhado, pois somando os valores das passagens do ônibus, praticamente dá para pagar a corrida.
  • Transfer: outra alternativa prática e barata é contratar um transfer organizado pelas agências e hotéis da cidade. A Touron vende o Tour Compras no Paraguai por R$8,90 por pessoa em carro ou van, podendo ser compartilhado com outras pessoas. O tour busca e deixa no seu local de hospedagem e tem o acompanhamento de um guia local especializado, visando garantir uma experiência agradável e segura.

Mais informações

  • Não é necessário fazer processo imigratório de entrada e saída no Paraguai, se você for apenas até a região do comércio na zona franca. Mas caso você queira carimbar seu passaporte ou siga para outras cidades, pare na aduana logo após atravessar a Ponte da Amizade, que liga o Brasil ao Paraguai.
  • Não se esqueça de verificar as isenções, cotas, limites quantitativos e Duty Free no site da Receita Federal do Brasil.

Leia no blog Tire a Bunda do Sofá: Compras no Paraguai – Tudo o que você precisa saber antes de ir

Hospedagem em Foz do Iguaçu

Já nos hospedamos no Hotel Best Western Tarobá em duas ocasiões. O hotel possui uma excelente estrutura e as acomodações são muito confortáveis. O café da manhã é bem diversificado e saboroso, começando a ser servido às 04h da manhã. Disponibiliza piscina aquecida e boa área de lazer. Está muito bem localizado na área central, bem próximo ao Terminal de Transporte Urbano – TTU, de diversos restaurantes, supermercado, bares e padarias. O aeroporto fica a cerca de 20 minutos de carro. É um hotel moderno, tradicional e econômico ao mesmo, com diárias a partir de R$169,16 para 2 pessoas em quarto privativo. Veja o que dizem outros viajantes no


Leia também

Conhecendo o Paraguai

Missões Jesuítas no Paraguai

Roteiro de 4 dias em Bonito MS

Roteiro de 4 dias em Gramado e Canela – Serra Gaúcha

Feriados de 2019: 9 ideias para viagens nacionais curtas e baratas

Beto Carrero World para Adultos: vale a pena?

Thermas dos Laranjais – O parque aquático mais visitado do Brasil

VIAJE POR CONTA PRÓPRIA E ECONOMIZE MUITO!
Reserve hospedagem no Booking.com
Seguro Viagem com desconto em Segurospromo
Alugue um carro em Rentcars
Ingressos e passeios dentro do Brasil em Touron
Passagens aéreas promocionais em Passagens Promo
Passeios em Santiago com Destino Chile (cupom #bloglovers 10%OFF)
Tours pela América do sul em Denomades.com
Passagens de ônibus, trem e avião dentro da Europa em Omio
Ingressos e passeios pelo mundo em GetYourGuide
Chip Internacional com frete grátis em EasySIM4U
Chip Internacional da Viaje Conectado com 10%OFF cupom PROMO10

22 Comments

  1. Mariana Bueno 16/12/2016
  2. Tássia Corina 16/12/2016
  3. Gê Azevedo 16/12/2016
    • Mochilão Barato 16/12/2016
  4. angiesantanna 18/12/2016
  5. quartodeviagem 18/12/2016
  6. Josiane Bravo 18/12/2016
  7. itamarjapa 18/12/2016
  8. Vaneza Narciso 18/12/2016
  9. Dayana 19/12/2016
  10. Anônimo 31/10/2017
    • Mochilão Barato 01/11/2017
  11. Lucas Lucelli 11/09/2018
  12. Julio 27/04/2019
    • Mochilão Barato 27/04/2019
    • Carla 18/05/2019
      • Mochilão Barato 19/05/2019
  13. Luzinete 29/05/2019
  14. Franthiesco 11/08/2019
    • Mochilão Barato 11/08/2019

Gostou? Deixe sua dúvida ou comentário!