O que fazer em Munique

Quer saber o que fazer em Munique? A capital da Baviera oferece muitas atrações e é considerada por muitos a cidade mais bonita da Alemanha. É também ponto de partida para alguns passeios bate e volta como o famoso Castelo Neuschwanstein, a montanha Zugspitze e o Campo de concentração de Dachau. Eu reservei 2 dias para conhecer a cidade. Cheguei de ônibus de Zurique na Suíça e de lá segui de ônibus para a Berlim

O que fazer em Munique

Um pouco da história de Munique

Munique é a capital do estado alemão da Baviera, no sudeste do país. Conta atualmente cerca de 1,5 milhão de habitantes e sua região metropolitana tem mais de 3 milhões de pessoas. É a terceira cidade mais populosa do país, depois de Berlim e Hamburgo.

Foi fundada em 1158. Foi destruída pela metade durante a Segunda Guerra Mundial, porém reconstruída nas décadas posteriores ao fim do conflito. Em Munique é realizada anualmente a Oktoberfest, uma tradicional festa alemã e um dos principais alicerces turísticos da Alemanha.

A Munique moderna é um importante e desenvolvido centro financeiro, urbano, logístico, cultural e político da Alemanha e da Europa continental. É sede de diversas empresas de renome mundial, incluindo a montadora BMW. Entre 2011 e 2012, Munique ficou na 4ª posição entre as Cidade Mais Habitáveis do Mundo”.

Durante os Jogos Olímpicos de Verão em 1972, atletas israelenses foram assassinados por terroristas palestinos no episódio que ficou conhecido como o “massacre de Munique”.

Como chegar em Munique

As cidades grandes próximas de Munique são Zurique (Suíça) a 315 km a oeste, Praga (República Checa) a cerca de 380 km a nordeste, Viena (Áustria) a cerca de 440 km a leste, Milão (Itália) a 490 km a sul e Berlim a cerca de 590 km a norte.

Quem vem de outra cidade da Alemanha tem a opção de chegar a Munique através dos trens da Bahn ou de ônibus com a empresa Flixbus (normalmente a opção mais barata).

Eu cheguei a Munique vindo de Zurique na Suíça viajando de ônibus com a Flixbus. São cerca 4 horas de viagem e as passagens custam a partir de €15.

Hospedagem em Munique

Uma ótima dica de hospedagem barata em Munique é o MEININGER Hotel Munich City Center. O MEININGER é um hotel presente em 11 cidades da Europa que mistura características de hotel com hostel, já que possui infraestrutura de hotel com quartos privativos, mas também oferece hospedagem em quartos compartilhados.

Eu fiquei hospedado em um confortável quarto privativo com cama de casal, banheiro interno, tv a cabo e ambiente climatizado. O hotel  conta com uma ótima estrutura, com bar, restaurante, lavanderia, luggage room gratuito, cozinha para os hóspedes. Você pode dormir em acomodação individual, dupla, compartilhada ou em dormitórios com um preços bastante accessíveis.

O MEININGER Hotel München City Centre tem localização central, há 1,0 km da Estação Central e há poucos metrôs do transporte público. Bem em frente do Augustiner Bräustuben e ao lado do Theresienwiese que abriga a Oktoberfest. A maioria das atrações da cidade podem ser alcançadas com 20 a 30 minutos de caminhada. Se preferir utilizar o transporte público, bem em frente ao MEININGER passam várias linhas de Tram (bonde elétrico) que te levam a qualquer parte da cidade.

Esse hotel/hostel econômico tem diárias a partir de €10,88 por noite em quarto coletivo para 4 pessoas.

TRANSPORTE PÚBLICO EM MUNIQUE

Locomover-se dentro de Munique e para as cidades próximas é algo muito fácil. O transporte público é composto por trens (S-Bahn), metrôs (U-Bahn), bondes elétricos (Tram) e ônibus (BUS).  Os bilhetes podem ser adquiridos em máquinas automáticas nas estações. As estações não possuem catracas, mas os bilhetes devem ser validados. O bilhete ilimitado para 1 dia custa €6,60 e para 3 dias €16,50 para viagens dentro da zona 1.

Está gostando desse post? Que tal curtir nossa página no Facebook?

O que fazer em Munique

Munique é considera por muitos a cidade mais bonita da Alemanha. Além de todas as atrações naturais e arquitetônicas, a cidade possui muitos parques, museus e uma animada vida noturna. Nas proximidades estão locais muito interessantes para um bate e volta como o famoso Castelo Neuschwanstein, a montanha Zugspitze e o Campo de concentração de Dachau. Com um dia completo é possível conhecer a maior parte das atrações localizadas dentro da cidade, mas o ideal é reservar ao menos 2 dias para conhecer Munique.

Centro histórico (Altstadt)

Karlsplatz-Stachus tem um dos portais medievais mais conservados da Alemanha, o Karlstor (Portal de Carlos). Nas proximidades fica o Palácio da Justiça, uma linda construção do final do século XIX.

Portal de Carlos

Nas ruas Neuhauser e Kaufinger está o maior comércio de rua da cidade. Lá estão muitos restaurantes, cafés e igrejas. A Frauenkirche (igreja das mulheres) está logo a frente. Com suas torres altas e cúpulas esverdeadas, ela é um dos grandes símbolos da cidade.

A Marienplatz (praça da Maria), a mais antiga da cidade, é o cartão postal de Munique. Nela está o o Neues Rathaus, a construção neo-gótica sede da prefeitura. Todos os dias  às 11 da manhã e ao meio dia há um espetáculo na sua torre principal que dura cerca de 10 minutos e conta a história da cidade. No verão ele também acontece às 17h.

O que fazer em Munique

Nas proximidades está a igreja mais antiga de Munique, a igreja de S. Pedro (Alter Peter). Possui altar barroco e sua torre é aberta a visitação. De lá é possível ter uma das vistas mais bonita na cidade.

Prove a comida típica da Baviera no Viktualienmarkto Mercado dos Vitualhas, e comprove a qualidade da cerveja alemã garantida pela lei da pureza da cerveja (Reinheitsgebot).

Na praça Max-Joseph está a bela Ópera da Baviera (Nationaltheater) e o Palácio Münchner Residenz.

Altes Rathaus

Residenz, também chamado de Residência de Munique, é um palácio urbano que entre 1508 e 1918 serviu como a residência oficial de duques, eleitores e reis da Baviera.

English Garden de Munique

Um dos maiores parques urbanos do mundo, o Jardim Inglês tem uma extensa área verde onde é possível praticar esportes, tomar banho de sol, descer pela correnteza de um pequeno braço do rio Isar, curtir o som de uma banda de Jazz no Monoptero no centro do parque ou simplesmente tomar uma cerveja diretamente dos barris de madeira no Biergarten (Jardim da Cerveja) ou em frente ao lago ao som instrumental da típica música bávara. É lá que ocorre o famoso surf no rio Eisbach em plena área urbana.

Parque olímpico

É uma área verde que faz parte do legado dos jogos olímpicos de 1972 e que se tornou um dos mais importantes pontos turísticos da cidade. Lá estão o aquário Sea Life, o Estádio Olímpico e a Torre Olímpica.

Palácio Real Nymphenburg e seus jardins

É uma das principais atrações de Munique. Misturando arquitetura barroca com as belezas naturais do local, o palácio foi construído em 1664 e serviu de residência de verão da família real da Baviera.

O que fazer em Munique

Além do palácio principal, há outros pequenos palácios espalhados pelo parque do complexo. Os jardins do palácio possuem 800.000 metros quadrados de área verde e atraem muitos moradores que praticam esportes por lá. O canal de Nymphemburg congela no inverno, tornado-se um local de patinação.

Para chegar lá, pegue o Tram 17 no centro histórico e desça bem em frente ao castelo.

 jardins do Palácio Nymphenburg

Passeios bate e volta a partir de Munique
Castelo de Neuschwanstein
Obra do rei da Baviera Ludwig II, mais conhecido como o rei louco, é um dos castelos mais bonitos do mundo e recebe 1,3 milhão de visitantes todos os anos. A visita ao local teria inspirado Walt Disney a construir o castelo da Cinderela. A viagem de trem de Munique até a cidade de Füssen dura cerca de duas horas. Chegando lá você pode pegar o ônibus com destino ao castelo. A entrada custa €13 e menores de 18 anos não pagam. Está aberto para visitação das 09 às 18 horas de abril a 15 de outubro e das 10 às 16 horas no resto do ano. Não funciona nos dias 1 de janeiro e 24, 25 e 31 de dezembro. 
Castelo neuschwanstein

Foto: divulgação

Por falta de tempo nós não visitamos o Castelo de Neuschwanstein, mas a blogueira Fernanda Scafi do blog Tá indo pra onde?esteve por lá e contou tudo no post Os castelos do sul da Alemanha – Neuschwanstein e Hohenschwangau. Acessem!

Campo de Concentração de Dachau

A 20 quilômetros de Munique está um dos primeiros campos de concentração da Europa. O Campo de Concentração de Dachau foi colocado em funcionamento pelos nazistas em 1933. Em 20 anos de operação, mais de 200 mil pessoas vindas de todas as partes da Europa foram encarceradas e 41,5 mil foram mortas.

O memorial abre diariamente das 9 às 17 horas e tem entrada gratuita. De Munique até a estação Dachau/Petershausenlá são cerca de 25 minutos com o trem S2. De lá pegue o ônibus 726 que te deixará na porta do memorial (KZ-Gedenkstätte)

Zugspitze

Zugspitze é a montanha mais alta da Alemanha com 2.960 metros de altitude e fica pertinho de Munique. No inverno, esquiadores do mundo inteiro frequentam a sua super estruturada estação de esqui, mas durante todo o ano há diversas atividades para se fazer por lá. Se você também é apaixonado por montanhas e por neve, visitando a região Baviera, essa é uma atração imperdível.

zugspitze alemanha

Para chegar até lá utilizando o transporte público pegue um trem da DB Bahn na estação central de Munique com destino a Garmisch-Partenkirchen. O bilhete de ida e volta custa €19 e você pode voltar no horário que quiser. Os trens partem de hora em hora e a viagem dura 1:25h. De Garmisch-Partenkirchen parte o trem de cremalheira que vai até Eibsee em 35 minutos. Da estação base em Eibsee (a 980m) há um teleférico para a estação do cume (2890m) que gasta apenas 13 minutos para fazer o trajeto. Outra opção é seguir no trem e alcançar o cume com mais 45 minutos. Para quem gosta de emoção, a primeira opção é a melhor escolha. Do cume  você pode visitar a geleira de Zugspitze a 2.600 metros usando os elevadores. Lá é possível ver neve mesmo no verão.

Mapa Zugspitze

O valor da entrada varia de acordo com a estação do ano. Durante o inverno o ingresso para adulto que dá acesso a todos os meios de transporte até o cume €44,50.

Mais informações em português no site da Zugspitze.

Roteiro de 20 dias pela Europa

Esse post faz parte do relato do Roteiro de 20 dias pela Europa.

O Mochilão Barato contou com o apoio do München Tourismus, o escritório de turismo de Munique. Agradecemos a parceira e afirmamos que todas as experiências e opiniões relatadas no blog são independentes e exprimem a realidade vivenciada pelos blogueiros.


Leia também

Como planejar uma Eurotrip

Mochilando no Inverno Europeu

Roteiro de 20 dias pela Europa

O que fazer em Berlim

O que fazer em Trier

O que fazer em Frankfurt

O que fazer em Heidelberg

Gostou? Deixe sua dúvida ou comentário!