Malai Manso Resort – Vale a pena?

Fomos conhecer o Malai Manso Resort na Chapada dos Guimarães em Mato Grosso e nesse post está a avaliação da nossa experiência para te ajudar a decidir se o Malai Manso vale a pena.

Malai Manso vale a pena

Piscina com borda infinita.

Estivemos no estado de Mato Grosso em junho de 2018 e em um roteiro de 5 dias conhecemos o Malai Manso Resort, a Vila de Bom Jardim em Nobres e a cidade Chapada dos Guimarães. Foram 3 dias e 2 noites no Malai e nesse post relatamos nossa experiência de hospedagem para que nossos leitores possam se decidir se vale a pena conhecer esse resort.

Malai Manso Resort

O Malai Manso Resort Iate Golf Convention e SPA é um empreendimento na Chapada dos Guimarães no estado de Mato Grosso, inaugurado no 2º semestre de 2016, a cerca de 100 quilômetros de Cuiabá, distância facilmente percorrida de carro em no máximo 1h30m de viagem.

Malai Manso Resort

Lago do Manso.

Foi construído em uma área de 117 hectares às margens do Lago do Manso, uma represa inaugurada em 2001 para atender a Usina Hidrelétrica APM Manso e que se tornou um importante destino turístico de MT em plena Chapada dos Guimarães. O visual é deslumbrante e o resort conta com inúmeras opções de lazer para crianças e adultos, estrutura para realização de eventos e convenções, além do serviço all inclusive que proporciona nada menos do que 7 refeições diárias com consumação livre, incluindo as bebidas alcoólicas.

Malai Manso Resort

Prédio principal.

Composto por um prédio principal onde estão 2 alas de apartamentos, recepção, restaurante, acadêmia, piscina principal, piscina aquecida, spa e outras comodidades, conta também com Centro de Convenções, Bangalôs e Casas Boutiques espalhadas pela área do resort, campo de golfe, quadras esportivas, área para prática de esportes radicais e Vila Malai com lojas, pizzaria, lanchonete e sorveteria.

Malai Manso Resort

Vista da suíte superior.

Avaliação da hospedagem

Pousamos em Várzea Grande, cidade vizinha a Cuiabá e onde fica o aeroporto que atende a região, por volta das 11:20h do domingo dia 24/06. Foi o tempo de pegar o carro alugado que reservamos através do site da Rentcars na empresa Alamo, almoçar no shopping Várzea Grande que fica bem em frente ao aeroporto e seguir viagem para o Malai Manso. Basta seguir as orientações do GPS do próprio celular e as placas da estrada que não tem erro. Quem não estiver de carro próprio ou alugado pode se deslocar de Uber (valor médio R$185 por trecho) ou contratar o serviço de translado da empresa terceirizada parceira do Malai.  Mas sem dúvidas estar de carro facilita muito para quem quer passear na Chapada e/ou em Bom Jardim.

Malai Manso vale a pena

Praia no lago.

Check-in

O check-in só está disponível a partir das 15 horas. Quem chega antes e quer utilizar a estrutura do resort precisa pagar uma taxa extra e ainda as refeições a parte. Os valores são altos e sinceramente não vale a pena. Programe-se para chegar no Malai próximo a esse horário. Não enfrentamos fila e fomos atendidos quase que imediatamente, provavelmente por se tratar de um domingo em baixa temporada. Entretanto, na alta temporada, início de fins de semana e feriados é comum haver espera tanto no check-in quanto no check-out (conforme relatos). Cada hóspede recebe uma pulseira que permite utilizar o serviço all inclusive de alimentação e também dá acesso aos quartos, já que possui um chip que libera a fechadura.

Malai Manso Resort

Recepção Malai Manso.

Opções de acomodação

Fomos direcionados a suíte superior, acomodação mais simples do resort e que comporta 2 adultos e até 2 crianças de até 11 anos (gratuitamente). Esse tipo de acomodação conta com quarto com cama de casal, armário e smarTV, sala com 1 sofá cama, mesa e outra smartTV, banheiro amplo com ótima ducha e varanda com vista frontal para o lago e montanhas e lateral para a piscina.

Malai Manso Resort

Sala da suíte superior com sofá-cama.

A cama de casal é composta pela união de duas camas de solteiro, sendo mais ou menos equivalente a uma cama do tamanho Queen. Tanto a cama como os travesseiros e a roupa de cama eram bem confortáveis. Já o sofá-cama não era tão confortável assim, tanto na configuração de sofá quanto na de cama, sendo que ele é disponibilizado para as 2 crianças aceitas gratuitamente dormirem.

Malai Manso Resort

Quarto da suíte superior.

Conta também com frigobar, mas atenção, apenas as águas estão inclusas no all inclusive, com reposição de até 10 garrafinhas por diária. Consumo superior e dos demais produtos deverá ser pago no check-out. Nas TVs está disponível a Netflix, devendo o hóspede logar com sua conta pessoal para ter acesso ao conteúdo. Ao fim da estádia o sistema da TV reinicia e é feito o logout da conta. Pelas TVs também é possível ver a programação de atividades do resort, tanto infantil quanto adulta, assim como acompanhar a conta de despesas extras.

Malai Manso Resort

Quarto da suíte superior.

As acomodações suíte superior (46m2) e suíte luxo (95m2) ficam no prédio principal, composto por 2 alas de apartamentos, totalizando 162 unidades. Há ainda 75 bangalôs (entre 72 e 92m2) localizados nas proximidades do lago e 25 casas boutiques de (140m2) para até 6 pessoas, opções para quem viaja em grupos maiores e/ou para quem quer mais privacidade. O contra é que essas acomodações ficam afastadas do complexo principal, sendo necessário caminhar ou utilizar o transporte disponibilizado pelo resort para se locomover até as áreas de uso comum como piscinas e restaurantes.

Malai Manso Resort

Casas Boutique.

Piscinas

Foi o tempo de deixar as malas no apartamento e fomos conhecer as piscinas do Malai Manso. A piscina principal é linda, com áreas ornamentadas com palmeiras e mais de 3 mil metros quadrados de lâmina d’água. De uma lado fica a parte das crianças, com brinquedos aquáticos e toboáguas.

Malai Manso Resort

Parque aquático.

Malai Manso Resort

Toboágua na piscina infantil.

Do outro lado está a piscina para adultos, com uma pequena “ilha” no meio, onde é possível relaxar na sombra das árvores e uma das pontas tem borda infinita que garante uma linda vista do lago e dos morros do Chapéu e do Navio. O Bar do Farol fica bem ao lado e oferece diversas opções de tira-gosto como frios, coxinhas, batata frita e nuggets, salada de frutas, bebidas alcoólicas como cerveja, chopp e drinques e não alcoólicas como sucos de latinha e refrigerantes para você repor as suas energias, tudo à vontade. Não há garçons na piscina e você mesmo se serve no bar ou nos quiosques.

Malai Manso Resort

Piscina ornamental.

Quem conhece a Chapada dos Guimarães sabe que o clima lá é bem mais ameno do que o do resto do estado e que a água é sempre bem geladinha. E nas piscinas ao ar livre do Malai Manso não teria como ser diferente. Então vá preparado para encarar a água gelada, não que isso seja um problema, até porque a temperatura lá pode ser inferior a de Cuiabá, mas mesmo assim ultrapassa facilmente os 35ºC.

Malai Manso vale a pena

Piscina adulto.

A opção para quem não gosta de água gelada, para os dias frios e para o banho de piscina noturno é a piscina coberta aquecida, que fica localizada no prédio principal. A temperatura é bem agradável, com diversos pontos de hidromassagem e no local há várias espreguiçadeiras para relaxar. Funciona das 12h às 22h (salvo engano). Na mesma estrutura está a sauna, que acabamos não experimentando.

Malai Manso Resort

Piscina coberta aquecida.

Prática de esportes

O Malai Manso dispõe de várias quadras poliesportivas, de tênis e campos de futebol que podem ser utilizados livremente pelos hóspedes. Os mais aventureiros podem optar pelas trilhas auto-guiadas, tirolesa, arvorismo, arco e flecha e paredão de escalada.

Malai Manso vale a pena

Tirolesa e paredão de escalada.

Estas últimas atividades não acontecem todos os dias e seguem programação específica do Resort. Se informe da programação no check-in. Nós não tivemos a oportunidade de fazer nenhuma delas, pois nos dias que estivemos por lá a única que esteve disponível para adultos foi o arco e flecha e no dia acabamos perdendo o horário.

Malai Manso Resort

Ponte suspensa na trilha.

Praticantes de golfe podem utilizar o belo e bem cuidado campo com nove buracos, mediante reserva e pagamento à parte. Práticas esportivas à beira do lago são realizadas por empresa terceirizada, sendo possível alugar caiaques, botes infláveis, praticar stand up-paddle, realizar passeios de barco pelo lago e pesca. Como iríamos realizar atividades em Bom Jardim e na Chapada, acabamos preferindo focar na estrutura do resort inclusa nas diárias, até porque os preços dos passeios não estavam muito convidativos.

Malai Manso Resort

Campo de golfe.

Atividades para crianças

Os pais podem ficar tranquilos durante a hospedagem em relação às crianças entre 4 e 12 anos, já que há atividades diárias, com programação com monitores das 8h às 23h, que cuidam de entretê-las enquanto os pais relaxam, cuidando inclusive da alimentação dos pequenos. Pudemos ver como as crianças se divertiam com as atividades e como os monitores ou “tios”, como eles são chamados, eram atenciosos e comprometidos.

Malai Manso Resort

Sala de jogos.

Atividades para adultos

O Malai também possui uma academia completa, que funciona diariamente das 6 às 22 horas. O Spa é pago à parte e estava em reformas durante nossa estádia. A sala de jogos adultos conta com sinuca e mesa de carteado. Todos os dias há atividades para adultos na piscina como hidroginástica e disputa de jogos do tipo biribol, futebol e basquete aquáticos, com prêmios para os vencedores. A noite também há programação como bingo e jogos de perguntas e respostas para entreter e integrar os hóspedes.

Malai Manso Resort

Sala de Jogos para adultos.

Sistema all inclusive

O sistema all inclusive do Malai Manso inclui pelo menos 7 refeições diárias, incluindo bebidas alcoólicas à vontade. No restaurante principal é servido o café da manha, almoço e jantar.  O café da manhã é servido das das 7 às 10 horas, o brunch das 10:30 às 12 horas, os petiscos no Bar Farol das 10 às 19 horas, almoço das 12:30 às 15 horas, chá da tarde das 17 às 18 horas, Happy Hour das 18:30 às 19 horas, jantar das 19:30 às 22:30 horas e ceia com sopas das 23 à 1 hora.

Malai Manso Resort

Restaurante principal.

O café da manhã é bem completo com frutas, queijos, embutidos, bolos, panquecas, waffles, pães de queijo, chipa, ovos mexidos, diversos tipos de pães, sucos, leite, café e ainda é possível pedir a preparação na hora de tapiocas, omeletes e do suco da sua preferência.

Malai Manso Resort

Buffet café da manhã

Malai Manso Resort

Sucos disponíveis no café da manhã.

O buffet do almoço era bem variado, com pratos regionais e de culinária internacional, assim como a opção de churrasco, peixe e bifes preparados na chapa. Quem preferir pode pedir macarrão naquele estilo em que você vai escolhendo os ingredientes e monta conforme seu gosto. Gostamos bastante da comida, incluindo as sobremesas que estavam maravilhosas.

Malai Manso Resort

Vista do restaurante principal.

No geral os pratos do jantar eram diferentes do almoço e com algumas opções mais sofisticadas. As bebidas no restaurante principal são servidas por garçons, mas caso queira o próprio hóspede pode se servir. Destaque para os vinhos chilenos e argentinos. Como opção para o jantar funciona a pizzaria e hamburgueria na Vila Malai (verifique dias e horários de funcionamento durante sua estádia na recepção).

Malai Manso Resort

Um pouco das muitas opções do buffet.

Quando estivemos por lá, de bebidas alcoólicas, estavam disponíveis dentre outras opções cervejas Budwiser e Skol, chopp Louvada, batidas e doses, podendo ser com tequila, sake, vodka, aguardente, whisky 8 anos, vinhos nacionais e sul-americanos e espumante.

As bebidas não alcoólicas servidas nos bares eram suco de caixinha e latinha de vários sabores, refrigerantes e água mineral. Sentimos falta de água de coco. Os bares também servem drinques sem álcool. Já no restaurante, durante as refeições, havia sucos naturais.

Malai Manso vale a pena

Vila Malai.

Na Vila Malai, complexo localizado nas proximidades do lago, funciona uma pizzaria no período noturno, porém só atende com reserva e não funciona às segundas-feiras e como não sabíamos disso, não conseguimos experimentar. No domingo preferimos jantar no restaurante principal, mas na segunda nos dirigimos até a Vila para provar a pizza, mas não vimos nenhum movimento por lá e então ficamos sabendo que a pizzaria não funciona nesse dia da semana e que mesmo nos dias que funciona é preciso reservar com antecedência.

Lá também há uma pequena sorveteria, que funciona das 13 às 21 horas nos finais de semana. No domingo fomos lá experimentar e ver como funciona. Há uma atendente que serve o sorvete no copinho ou casquinha conforme o hóspede escolhe os sabores, que depois pode colocar as coberturas. Também há picolés. Os produtos não são de marcas famosas, ao menos nós não conhecíamos e a qualidade é boa, mas nada fenomenal. Durante a semana, o Bar do Farol deveria servir sorvetes das 10 às 19 horas, porém na segunda-feira a sorveteria da Vila Malai estava fechada nas 2 vezes que fomos lá e no bar ninguém sabia nada sobre sorvetes. Na terça encontramos a sorveteria aberta após o almoço e aproveitamos para tomar um sorvete de sobremesa, antes de deixar o resort.

Malai Manso Resort

Piscina ao anoitecer.

Check-out

O Check-out deve ser feito até as 11 horas, mas o hóspede pode usufruir de toda a estrutura do resort, inclusive alimentação, até as 15 horas, só não sendo permitido o acesso aos quartos. Dessa forma, é preciso arrumar as malas e ir até a recepção fazer os procedimentos de encerramento da conta, trocar a pulseira por uma que não dá mais acesso aos quartos e deixar as malas em uma sala reservada para isso. Quando quiser, desde que antes das 15 horas, basta voltar a recepção para pegar as malas. Não se esqueça de pedir o comprovante do check-out, pois é necessário entregá-lo na portaria do resort.

Malai Manso Resort

Explosão de cores do pôr do sol no Lago do Manso.

Afinal, o Malai Manso vale a pena?

É bem provável que todo viajante se pergunte se o Malai Manso vale a pena. O investimento seria alto para um resort a beira de um lago? O serviço all inclusive condiz com os preços das diárias? A estrutura do resort é realmente boa? Os passeios pela região são legais? São muitas perguntas que passam pela cabeça de quem pretende investir para passar alguns dias por lá. Digo investir porque lazer, descanso e diversão não deveriam ser considerados gastos e sim um investimento que traz alegria, renovação do corpo e da mente, bem estar, satisfação e boas recordações. E nessa consciência de que os gastos com sua estádia em um resort como o Malai em uma viagem familiar, de casal, entre amigos ou colegas de trabalho, é na verdade um investimento em você, na sua família ou no relacionamento com seu parceiro(a), amigos ou colegas de trabalho está a resposta para a pergunta anterior.

Malai Manso Resort

Bangalôs.

O Malai Manso tem um excelente preço entre os resorts do Brasil, com o menor preço de diária em resort no sistema all inclusive. O valores da suíte superior, acomodação de entrada do resort, gira em torno de R$1.000,00 por noite, para 2 adultos e até 2 crianças de até 11 anos. Quem viaja nessa configuração vai pagar cerca de R$250,00 por pessoa a noite. Considerando a qualidade das refeições, o consumo liberado de bebidas alcoólicas, as atividades com os monitores para as crianças de 4 a 12 anos das 08 às 23 horas, permitindo que os adultos se divirtam e descansem tranquilamente, sabendo que as crianças estão fazendo o mesmo e em segurança, a estrutura do resort com destaques para as piscinas, o valor do rateio por pessoa é bem razoável. Basta fazer algumas contas para perceber que um adulto gasta R$250,00 em um dia de praia facilmente, somando desde o estacionamento, tira-gostos, almoço, bebidas, lanches e atividades náuticas. Quanto custa 1 hora naqueles espaços para crianças com monitores nos shoppings? Tenha em conta que seus filhos terão até 15 horas de atividades monitoradas e com certeza vão curtir muito a viagem. Além disso, obviamente, para se hospedar em um local que tenha uma estrutura parecida, sem o sistema all inclusive, não se paga menos de R$500,00 por noite para 2 adultos e 2 crianças. Por essa lógica, alimentação e bebidas à vontade custam R$125,00 por pessoa. Vá a um shopping almoçar, fazer um lanche a tarde, jantar e tomar algumas cervejas e nos diga quanto foi a conta. Com certeza ela será bem mais alta do que esse valor.

Estrutura Malai Manso

Piscina principal e casas boutique ao fundo.

É verdade que nem tudo é perfeito. Os quartos, ao menos da suíte superior, estão dentro dos padrões de um resort, mas sem nada de extraordinário. Alguns funcionários precisam ser melhor treinados, pois apesar de cordiais não sabem dar informações sobre as atividades e funcionamento do resort. O serviço de quarto esqueceu de repor sabonetes, shampoo e condicionador e tivemos que ir atrás de uma camareira, que gentilmente nos forneceu. Deixamos a janela da varanda aberta uma noite e entraram muitos pernilongos. Na manhã seguinte avisamos a camareira e pedimos que ela passasse inseticida no quarto, o que não foi feito. Ligamos na recepção e reforçamos o pedido na hora do almoço e ao fim da tarde ainda não haviam feito. Tivemos que ligar novamente, até que enfim entregaram uma lata de aerosol inseticida para que nós mesmo cuidássemos do problema. São pequenos detalhes que não nos incomodaram, mas que podem incomodar hóspedes mais exigentes. Pelo fato do empreendimento ser novo, muita coisa ainda deve estar sendo ajustada. Com certeza esses e outros pontos negativos relatados nos sites de avaliação de hospedagem serão levados em conta pela gerência para aprimoramento dos serviços prestados no Malai Manso.

Malai Manso Resort

Piscina Malai Manso.

Se você não gosta de barulho e música alta peça uma suíte mais afastada da piscina. Durante o dia sempre tem música alta tocando na piscina e nem sempre será da sua preferência musical. Durante nossa estádia até que rolou pop rock e MPB, mas no geral é sertanejo e axé, fora que alguns hóspedes cometem a deselegância de levar suas próprias caixinhas de som. Mas no geral os frequentadores se comportam de forma cordial uns com os outros, agindo de forma simples e abrindo mão de qualquer ostentação, tanto na piscinas quanto nos ambientes internos como o restaurante.

Malai Manso Resort

Pier do Malai.

O resort possui uma política de reserva mínima de 2 noites, não é possível reservar apenas uma diária. Duas crianças de até 11 anos, hospedadas com dois adultos pagantes no mesmo quarto são aceitas como cortesia do resort. Já os animais de estimação não são aceitos. A tensão é de 220V e a internet Wi-Fi gratuita é limitada, sendo necessário contratar um pacote caso sua franquia acabe, lembrando que a cobertura de celular na região é precária. Crianças menores de 4 anos não podem participar das atividades com os monitores, devendo os pais, caso queiram, contratar uma babá com pagamento à parte.

Malai Manso Resort

A linda ponte do Malai.

A verdade é que gostamos muito dos nossos dias no Malai Manso, das paisagens que vimos, de tudo que comemos, bebemos e vivenciamos, de descansar neste lugar maravilhoso. Combinar sua estádia no Malai Manso com a Vila de Bom Jardim em Nobres e/ou com as atrações da Chapada dos Guimarães é uma ótima pedida, principalmente para quem não é de Mato Grosso, já que assim, em uma só oportunidade é possível conhecer algumas das muitas atrações desse estado.

Mais informações
Malai Manso Resort
Endereço: Rod. MT 351, km 67 • Lago do Manso • Chapada dos Guimarães-MT • 78195-000
Central de reservas: (65) 3028-0404
Sitehttp://www.malaimansoresort.com.br/
Reservas também podem ser feitas no Booking.com.

Leia também

Roteiro de 1 dia em Bom Jardim de Nobres – MT

Beto Carrero World para adultos: vale a pena?

Snowland Gramado – Diversão na neve na Serra Gaúcha

Thermas dos Laranjais – O parque aquático mais visitado do Brasil

Roteiro de 4 dias em Gramado e Canela – Serra Gaúcha

Roteiro de 4 dias em Foz do Iguaçu

Roteiro de 4 dias em Bonito MS

Malai Manso Resort

Pôr do sol no Lago do Manso.

*Nós ganhamos as diárias em um sorteio. Reafirmamos que todas as experiências e opiniões relatadas no blog são independentes e exprimem a realidade vivenciada pelos blogueiros.

3 Comments

  1. Maria Luiza de Almeida Barros 18/09/2018
    • Mochilão Barato 18/09/2018
  2. Scant Tales 21/09/2018

Gostou? Deixe sua dúvida ou comentário!