fbpx

Documentos necessários para entrar no Chile

Nesse post tiramos todas as dúvidas sobre os documentos necessários para entrar no Chile. Saiba quais são e não tenha contratempos. Por ser um país associado ao Mercosul, o Chile está sujeito as regras do bloco que visam facilitar o trânsito de cidadãos e aprofundar a integração regional, simplificando muito a entrada de brasileiros no país.

Plaza de Armas em Santiago
Plaza de Armas em Santiago

O Chile é um dos principais destinos dos brasileiros que viajam para o exterior. Em 2016 foram 438,9 mil, quase o dobro de 2008 e 20% a mais que em 2015. O crescimento do interesse dos brasileiros pelo nosso vizinho sul americano aconteceu por diversos fatores, entre eles a segurança e hospitalidade do país e a possibilidade de ver neve. Recentemente eles foram premiados com o chamado ‘Oscar’ do turismo de aventura, o que demonstra que o Chile tem muito potencial turístico e que o número de visitantes estrangeiros deve continuar crescendo.

Vale Nevado em Santiago
Vale Nevado em Santiago.

O interesse é tanto, que os posts sobre o Chile estão entre os mais acessados aqui do blog. Muita gente nos escreve com dúvidas em relação a documentação necessário para visitar o país e por isso resolvemos escrever esse post para esclarecer qualquer dúvida.

Lagunas Altiplanicas
Lagunas Altiplânicas no Deserto do Atacama.

Documentos para entrar no Chile

1) RG ou Passaporte

Desde junho de 2008, os turistas dos países que compõem o Mercado Comum do Sul, o Mercosul, podem apresentar apenas a cédula de identidade (RG) nas viagens realizadas dentro do bloco. Não é preciso levar passaporte nem pedir visto de entrada. O Chile é um país associado ao Mercosul e submisso a essa regra.

países onde brasileiros não precisam de passaporte
Cédula de Identidade Civil

Para que o documento de identidade seja aceito, ele deve ter fotografia atual. Recomenda-se que tenha no máximo 10 anos de emissão, porém se o documento tiver sido emitido há mais tempo e ainda for possível identificar seu portador pela foto, ele provavelmente será aceito.

Retirado do site do Itamaraty, na seção destino Chile:

“Devido à existência de acordo do MERCOSUL sobre documentos de viagem, cidadãos brasileiros podem ingressar no Chile portando documento de identidade civil, sem necessidade de passaporte. A exigência de RG emitido há menos de dez anos não consta do Acordo do MERCOSUL sobre documentos de viagem. Nos termos do Acordo, o RG brasileiro expedido pelas instituições competentes não tem prazo de validade e é documento hábil para entrada em países-parte do acordo. É necessário, no entanto, que o RG esteja 1) em bom estado de conservação e 2) com foto que permita identificar claramente o titular.

Ainda nos termos do Acordo do MERCOSUL sobre documentos de viagem, se houver alguma dúvida sobre a identificação do portador (RG com foto antiga), o agente da imigração poderá solicitar outro documento com foto para esclarecer a identidade (art. 1º – “Caso a fotografia gere dúvidas sobre a identidade do portador do documento, poderá ser solicitado outro documento efetivo para sanar tal circunstância.”) É possível, caso o RG esteja com foto desatualizada mas em bom estado de conservação, argumentar que o procedimento previsto no Acordo do MERCOSUL sobre Documentos de Viagem autoriza o esclarecimento da identidade do viajante com base em outro documento com foto. Mas tal possibilidade será aplicada ou não a critério do agente migratório. Assim sendo, caso o RG conte com foto muito desatualizada, recomenda-se que cidadãos brasileiros solicitem novo documento de viagem (RG ou passaporte) a fim de evitar dissabores.”

E segundo o site do Mercosul:

“O prazo de validade dos documentos do Anexo será o estabelecido nos mesmos pelo Estado emissor. No caso de não possuir data de vencimento, entender-se-á que os documentos mantém sua vigência por prazo indeterminado. Caso a fotografia gere dúvidas sobre a identidade do portador do documento, as autoridades poderão solicitar outro documento.

Além de passaportes, são documentos válidos para brasileiros e estrangeiros residentes no Brasil, conforme o caso, o Registro de Identidade Civil, as Cédulas de Identidade expedidas por cada Unidade da Federação com validade nacional ou as Cédulas de Identidade de Estrangeiro expedidas pela Polícia Federal.”

Atenção: não são aceitos documentos como CNH, Carteira Funcional, Carteira de Militar, Carteira de Trabalho, OAB, CREA, etc. Os únicos documentos aceitos pela imigração são o Passaporte ou a Carteira de Identidade (RG) emitida pelas Secretárias de Segurança Pública.

Obviamente, quem tem passaporte pode utilizá-lo para entrar no Chile, desde que esteja dentro da validade durante toda a estádia.

2) Precisa de Visto para o Chile?

Brasileiros não precisam de visto para entrar no Chile. O período máximo de permanência é de 90 dias.

Para estadias superiores a esse período, é necessária a solicitação do Visto de Estudante ou de Trabalho, conforme a situação. O blog O Melhor Mês do Ano tem um post super completo explicando Como conseguir visto de trabalho no Chile.

3) Precisa de Certificado Internacional de Vacinação?

O Chile não exige a apresentação do Certificado Internacional de Vacinação de turistas brasileiros. Tampouco é obrigatória qualquer tipo de vacina. Caso você tenha dúvidas, pode confirmar essa informação no site da Anvisa.

Atenção: se o seu voo fará conexão em algum país que exija o Certificado Internacional de Vacinação, como o Paraguai e a Bolívia, você precisa portar o documento. Caso seu voo seja direto do Brasil para o Chile ou faça conexão na Argentina ou Uruguai, o certificado não é necessário.

4) Outros documentos

É sempre bom, em viagens para o exterior, independente do país visitado, ter em mãos na hora da imigração documentos que comprovem o objetivo da viagem. Sempre há chances dos agentes de imigração solicitarem documentos como passagem de volta, comprovante de reserva de hospedagem e prova de meios de solvência econômica para se manter no país.

Fonte de pesquisa: Ministério das Relações Exteriores do Brasil e Ministério de Relaciones Exteriores de Chile.

SEGURO VIAGEM PARA O CHILE

No Chile não existe atendimento médico gratuito. Em caso de necessidade, é necessário pagar, mesmo em hospitais públicos. E se o turista ficar doente no Chile? Vai a um pronto-socorro e paga integralmente pelo atendimento, insumos utilizados e medicamentos administrados.

A melhor forma de se precaver e viajar com segurança é contratar um seguro viagem internacional. Nós utilizamos a SegurosPromo em nossas últimas viagens e recomendamos! Com um seguro viagem você terá, dentre outras coberturas, o atendimento médico pago pela seguradora ou o reembolso das despesas, incluindo assistência odontológica e farmacêutica (verifique condições da apólice).

ATENÇÃO: Utilize o cupom MOCHILAOBARATO5 e garanta 5% de desconto em qualquer seguro na SegurosPromo. Para pagamentos no boleto são +5% OFF. O pagamento ainda pode ser feito em até 12 vezes no cartão de crédito. Não dê bobeira, há opções por menos de R$10,00 por dia.


Leia também

Roteiro de 12 dias de viagem para o Chile

Roteiro de 5 dias em Santiago

Tudo o que você precisa saber antes de viajar para o Atacama

Onde ficar em Santiago: melhores bairros, dicas de hotel, hostel e apartamento

Sky Costanera em Santiago – O mirante mais alto da América Latina

Câmbio em Santiago: que moeda levar para o Chile

Valparaíso e Viña del Mar por conta própria

Cajón del Maipo e Embalse el Yeso

Vulcão Osorno no Chile

Pucón! A cidade do Vulcão!

Rafting em Pucón

Os Saltos de Petrohué – Puerto Varas

VIAJE POR CONTA PRÓPRIA E ECONOMIZE MUITO!
Reserve hospedagem no Booking.com
Alugue um carro em Rentcars
Ingressos e passeios dentro do Brasil em Touron
Tours pela América do sul em Denomades.com
Passagens de ônibus, trem e avião dentro da Europa em Omio
Ingressos e passeios pelo mundo em GetYourGuide
Chip Internacional com frete grátis em EasySIM4U
Chip Internacional da Viaje Conectado com 10%OFF cupom PROMO10

8 Comments

  1. Áquila Busman 14/09/2018
    • Mochilão Barato 14/09/2018
  2. Rita Brasil 28/11/2018
    • Mochilão Barato 29/11/2018
  3. Fatima 18/01/2019
    • Mochilão Barato 18/01/2019
  4. Otávio 21/04/2019
    • Mochilão Barato 21/04/2019

Gostou? Deixe sua dúvida ou comentário!