fbpx

Cajón del Maipo e Embalse el Yeso – Passeio imperdível em Santiago

O Cajón del Maipo e o Embalse el Yeso se tornaram atrações quase que obrigatórias para quem visita Santiago do Chile. Localizadas na Cordilheira dos Andes, guardam algumas das paisagens mais belas da capital chilena. Já estivemos por lá duas vezes e nesse post contamos como foram nossas experiências, além de dar todas as dicas para você conhecer a região.

Embalse el Yeso no Cajón del Maipo
Embalse el Yeso.

* Post atualizado em 25/06/2019

Com tantas atrações, Santiago do Chile foi descoberta pelos brasileiros e já é um dos destinos de férias na América do Sul. Cajón del Maipo e Embalse el Yeso são atrações para quem quer fugir um pouco da cidade e vivenciar a natureza selvagem bem perto da capital chilena.

ATENÇÃO: devido ao trágico acidente ocorrido no início de junho de 2019, com a morte de duas crianças brasileiras, o acesso de pedestres e veículos a estrada que leva ao Embalse el Yeso foi temporariamente fechado. Ou seja, as visitas a represa estão proibidas pelas autoridades chilenas até que as medidas necessárias para garantir a segurança dos visitantes sejam tomadas.

O acesso a região do Cajón del Maipo e suas outras atrações permanece liberado (veja a diferença entre Cajón del Maipo e Embalse el Yeso lendo esse post).

*Avisaremos quando as visitas ao Embalse el Yeso forem restabelecidas.

Cajón del Maipo e Embalse el Yeso

Na foto acima conseguimos enquadrar a beleza da represa Embalse el Yeso, das montanhas da região do Cajón del Maipo e ao fundo o Nevado Piquenes com seus 6025 metros de altitude.

A represa Embalse el Yeso é a principal atração para as centenas de turistas que visitam a região do Cajón del Maipo diariamente (milhares na alta temporada), na sua maioria brasileiros. Mas os chilenos, principalmente os santiaguinos, também adoram a região para passeios de fim de semana.

Cajon del Maipo
Embalse El Yeso em janeiro de 2017.

O Cajón del Maipo

Esclarecendo, Cajón del Maipo é o nome de toda essa região que fica localizada aos pés da Cordilheira dos Andes na área metropolitana de Santiago, a apenas 100 quilômetros da capital chilena.

A região tem o mesmo nome do rio que passa no local e é composta por vales, montanhas e rios. Imerso na paisagem do segundo maior cordão montanhoso do mundo, o Cajón del Maipo surpreende e encanta qualquer visitante, mas em especial nós brasileiros, por ser tão distinto da natureza que encontramos no Brasil, pelos inúmeros picos nevados e pela possibilidade de encontrar neve pelo caminho.

Cajon del Maipo
Cajón del Maipo e rio Maipo.

No Cajón del Maipo fica o vilarejo de San José de Maipo, destino cheio de atrações não só para quem quer relaxar e curtir a paisagem, mas também para os aventureiros que desejam explorar atividades esportivas como trilhas, escaladas, montanhismo, cavalgadas, tirolesa e rafting.

Outros pontos de interesse da região são os Baños Colina, Baños Morales e Termas del Plomo (piscinas naturais de águas termais) e o Monumento Natural El Morado (trilha para trekking nos Andes).

Embalse El Yeso

Já o Embalse El Yeso é uma enorme represa artificial a 2.500 metros de altura, que concentra 253 milhões de metros cúbicos de águas e abastece Santiago do Chile e toda a sua região metropolitana.

Embalse El Yeso

O Embalse el Yeso foi formado pelo represamento do rio Yeso e levou mais de 10 anos para ser construído.

O lago geralmente tem águas de cor turquesa, mas de acordo com a época do ano e luminosidade do dia a cor é verde-esmeralda ou mais escura em dias mais fechados. Um dos cenários mais bonitos se forma quando as suas águas refletem as montanhas ao redor.

Durante o inverno as montanhas ao redor do Embalse el Yeso ficam cobertas de neve, encantando o olhar dos brasileiros que muitas vezes vão ao Chile para conhecer a neve. Mas mesmo sem neve não há quem não fique hipnotizado com a beleza do lugar.

Montanhas Cajón del Maipo
Montanhas vista do Embalse el Yeso.

Como ir ao Cajón del Maipo e Embalse el Yeso

O primeira parada no caminho para conhecer o Cajón del Maipo e Embalse el Yeso é em San José de Maipo, a 51 quilômetros de Santiago. A viagem dura em média 1 hora e é feita em uma estrada asfaltada e de boa qualidade, apesar de na maior parte a pista ser simples e estreita.

A partir de San José de Maipo o percurso é por estradas não pavimentadas sem acostamento utilizadas pelas mineradoras da região, com inúmeras curvas a beira de precipícios, muitas pedras soltas e dependuradas nas encostas e muitos caminhões.

Os formam mais comuns utilizadas por turistas para ir ao Cajón del Maipo e Embalse el Yeso são:

1) Carro alugado

É fácil alugar um carro em Santiago do Chile e brasileiros só precisam portar CNH brasileira válida para dirigir no Chile enquanto turista.

Você pode pesquisar e reservar um carro no site da rentcars, portal que reúne diversas locadoras de veículos e opções de diferentes categorias de veículos, quase sempre com preços inferiores do que nos sites das locadoras. Outra vantagem é poder pagar adiantado em reais e ficar isento do IOF.

Poucos quilômetros após San José de Maipo estão as primeiras atrações do Cajón del Maipo. Ir de carro até onde chega o asfalto é bem tranquilo, bastando seguir as indicações do GPS e das placas pelo caminho que em menos de 1 hora você estará na região.

Entretanto, para seguir para a represa Embalse el Yeso é preciso pegar uma estrada de terra muito sinuosa, sem acostamento e quase sempre a beira de precipícios. E para piorar, há tráfego constante de caminhões pesados da mineradora que opera na região, sendo necessário dar preferência aos caminhões, já que em muitos trechos só passa um veículo por vez, principalmente nas curvas. Pode ser preciso manobrar de marcha-ré para posicionar seu veículo de forma a dar passagem aos caminhões.

estrada Embalse el Yeso
Estrada do Embalse el Yeso

São cerca de 29 quilômetros de estrada de terra até chegar no Embalse e o tempo gasto de San José de Maipo até lá é de cerca de 1 hora.

Excluindo os meses do inverno, tomando bastante cuidado e sabendo das características da estrada, é possível chegar ao Embalse el Yeso com qualquer tipo de veículo, apesar de ser recomendado um carro alto e potente (não necessita ser 4×4). Já no inverno pode haver neve na estrada, o que torna o percurso desafiador e perigoso. Sinceramente, nós não recomendamos.

O blog Viajando na Janela visitou o Cajón del Maipo e Embalse el Yeso de carro alugado e no publicou um post contando como chegar lá de carro e todos os detalhes da experiência.

2) Tour com agência de turismo

Inúmeras empresas de turismo organizam excursões para Cajón del Maipo e Embalse el Yeso. Em nossas duas visitas a região optamos por ir em um tour por comodidade e segurança.

Há uma variação preço do passeio de acordo com a agência escolhida. Em média custa 44.100 pesos por pessoa em veículo compartilhado (van ou micro-ônibus). O tour dura cerca de 9 horas, desde a saída de Santiago até o retorno e as agências buscam e deixam no local de hospedagem.

Nossa indicação de agência de turismo em Santiago é a Destino Chile. Essa é uma agência BRASILEIRA de turismo receptivo voltada ao atendimento de brasileiros. São brasileiros atendendo brasileiros. Eles contam com mais de 1.000 depoimentos positivos no Facebook (nota 4.8 de 5) e TripAdvisor (nota máxima). O pagamento é feito em reais através do PagSeguro através de boleto à vista ou no cartão de crédito em até 2 vezes sem juros. Você ainda pode solicitar o contato de um consultor brasileiro para te ajudar a montar seu roteiro.

ATENÇÃO: preenchendo esse formulário você receberá um cupom de desconto de 10% OFF na compra de passeios com a Destino Chile.
Acesse agorasolicite um orçamento.

3) Ônibus

Nos sites Viaje na Viagem e Mochileiros.com há relatos de viajantes que foram até San José de Maipo e algumas das atrações da região de Cajón del Maipo de ônibus.

A empresa Turmaipo tem ônibus comuns que levam de Santiago a San José de Maipo e a Baños Morales, local onde ficam atrações do Cajón del Maipo como El Morado, águas termais e o vulcão.

Entretanto só há ônibus em algumas épocas do ano. A empresa opera todos os dias apenas entre 01 de janeiro e 28 de fevereiro; sábados, domingos e feriados entre 01 de março e o 2º domingo de abril e 2º sábado de setembro e 31 de dezembro. As saídas acontecem do terminal de ônibus anexo a Estação de Metro Bellavista. O valor da passagem ida e volta é de 9.000 pesos.

Atenção: essa não é uma opção para quem quer conhecer o Embalse el Yeso, a menos que o viajante não se importe de pedir carona desde San José de Maipo (e tenha sorte em conseguir). Essa é uma opção para o mochileiro roots que quer explorar o Cajón del Maipo por conta própria e gastando pouco.

Como é o passeio com agência até o Cajón del Maipo e Embalse el Yeso

As vans saem bem cedo de Santiago, geralmente antes das 8 da manhã. Verifique com sua agência o horário que irão te buscar.

Estrada até San José de Maipo

No percurso o guia fala sobre a geografia chilena e sobre os aspectos culturais e sociais, em espanhol, inglês e dependendo da agência em Português (ou portunhol).

Há algumas paradas para fotos e para comprar lanche, já que o almoço só ocorre após visitar o Embalse, por volta das 15 horas. Para economizar leve água e um lanche de Santiago, já que dependendo do local que a agência parar, os preços podem ser um pouco acima do normal.

A estrada é sinuosa e perigosa, porém linda. Você vai querer tirar muitas fotos e vai cruzar com cavalos selvagens, raposas e cabras no meio do caminho. Mas não se assuste, os motoristas já estão acostumados e parece que os animais também.

Parada em San José de Maipo

A primeira parada é em San José de Maipo, um vilarejo fundado em 1792 no tempo da colônia que sobrevive aos pés da montanha. Nós dias de sol é possível avistar o imponente Vulcão San José.

San José de Maipo

As vans geralmente param em uma lanchonete para que os turistas tomem café da manhã, usem o banheiro e comprem água, chocolate ou algum lanche para levar ao Embalse. Aproveite a parada, pois na represa não há nenhum comércio, assim como não há qualquer infraestrutura de apoio aos visitantes. Se você precisar ir ao banheiro no Embalse, a única alternativa é o “baño Inca” (moita).

Cajon del Maipo
Paisagem no Cajón del Maipo.

Conhecendo o Embalse el Yeso

Em seguida segue-se pelos 29 km de estrada sinuosa até a represa Embalse el Yeso, já a 2.500 metros acima do nível do mar. A primeira parada é em um mirante com vista completa da represa. A paisagem é simplesmente deslumbrante.

Embalse el Yeso
Embalse el Yeso visto do mirante.

Dependendo da época do ano e da sua agência, pode ser que a van desça até a represa, de onde é possível contemplar o Embalse em uma vista 360º.

Represa Embalse el Yeso
Represa vista de baixo.

Na base da represa vimos chilenos acampando. O guia disse que durante o verão é muito comum os santiaguinos irem acampar na região do Cajón del Maipo e também no Embalse el Yeso.

Embalse el Yeso
Chilenos acampando no Embalse el Yeso.

Antes pegar o caminho de volta a Santiago, algumas agências oferecem uma degustação de vinhos e queijos ou um piquenique com vista para a represa ou para alguma das paisagens do Cajón del Maipo. Não costuma ser nada espetacular, mas pode ser uma experiência interessante, principalmente para os casais.

Embalse el yeso
Embalse el Yeso visto de baixo.

Um pouco do Cajón del Maipo

Já no caminho de volta a Santiago, bem próximo ao Embalse há uma parada para conhecer uma cachoeira formada pelo degelo dos glaciais eternos das montanhas andinas.

Cachoeira no Cajón del Maipo
Cachoeira no Cajón del Maipo.

Almoço no Cajón del Maipo

No caminho de volta a Santiago as agências fazem uma parada para almoço na região do Cajón del Maipo.

Na nossa primeira fez por lá a parada foi em um restaurante turístico com preços para turista mas com comida saborosa.

Já na segunda vez o guia perguntou se o grupo preferia parar em um restaurante onde os moradores e trabalhadores da região frequentam, onde poderíamos provar a verdadeira culinária da região e pagar preços jutos por isso. O grupo topou e essa foi uma ótima oportunidade de provar pratos como o pastel de choclo e as empanadas chilenas com preços justos.

Verifique com sua agência onde será a parada para almoço e se for do seu interesse, se há a possibilidade de evitar os restaurantes turísticos, onde inevitavelmente os preços são bem altos.

Embalse el Yeso no inverno

No inverno é preciso estacionar os veículos (incluindo as vans das agências de turismo) a cerca de 1 quilômetro do Embalse e seguir caminhando na neve. Se isso não é problema para você e para todos que estão no seu grupo, vá preparado para caminhar na neve, use uma bota impermeável e leve meias reserva.

Se você não tem experiência em dirigir em pista com neve, durante o inverno não arrisque ir ao Embalse de carro. Prefira contratar um tour com agência, pois os motoristas são acostumados, assim como os veículos preparados.

Outras atrações do Cajón del Maipo

Como já dissemos, o Embalse el Yeso é apenas uma das atrações do Cajón del Maipo. É a mais visitada por brasileiros, até porque as agências de turismo costumam incluir apenas ela no roteiros dos tours. Mas algumas agências associam alguma outra atração ao Embalse el Yeso e quem vai por conta própria pode se aventurar e conhecer um pouco mais do que o Cajón del Maipo tem a oferecer.

Abaixo alguma das atrações da região que são muito visitadas pelos chilenos, mas ainda pouco conhecidas pelos brasileiros.

Camino Al Volcán

É uma estrada de 77 quilômetros que liga Santiago até as Termas Valle de Colina, sendo o trecho entre San José de Maipo e as Termas Valle de Colina a parte mais bonita. Destacam-se as belas paisagens às margens do rio Volcán e as montanhas da Cordilheira dos Andes.

Termas Valle de Colina

Ficam no Camino al Volcán e são formadas por 7 piscinas naturais de águas termais com temperaturas entre 25 e 55ºC. Além dos banhos relaxantes, a vista do alto da colina é incrível. É um atrativo muito procurado pelos santiaguinos.

Monumento Natural El Morado

O Monumento Natural El Morado é um parque no Cajón del Maipo muito procurado pelos amantes do trekking. A trilha principal tem cerca de 17 quilômetros (ida e volta) e costuma ser percorrida em uma caminhada de 6 a 7 horas de duração. O ponto alto é a vista para a geleira San Francisco.

A trilha pode ser feita de forma independente, mas também há a opção de contratar uma excursão guiada.

O blog Pegadas na Estrada tem um post contando como foi visitar as Termas Valle de Colina e o Monumento Natural el Morado.

Cascada de las Animas

Esse hotel organiza diversas atividades ao ar livre, em meio a Cordilheira do Andes no Cajón del Maipo. Com restaurante, piscina e atividades como rafting, trilhas, passeios a cavalo, arvorismo e tirolesa, a Cascada de las Animas é uma ótima opção para quem quer se hospedar no Cajón del Maipo, mas também pode ser visitado por quem está apenas passando o dia na região e quer realizar alguma das atividades ou almoçar.

Tirolesa Cajón del Maipo
Tirolesa no Cajón del Maipo.

Nos fizemos o circuito de tirolesas na última visita a região. São dois percursos (ida e volta) sobre o rio Maipo com um lindo visual. Há uma curta trilha entre uma tirolesa e a outra. A equipe é muito profissional e os equipamentos são ótimos. A tirolesa custou 10.000 pesos.

Tirolesa Cajón del Maipo
Tirolesa no Cajón del Maipo.

Vale a pena ir a Cajón del Maipo e Embalse el Yeso

Conhecer o Cajón del Maipo e Embalse el Yeso é um experiência única e fantástica! Quando estivemos lá pela primeira vez, os brasileiros estavam começando a descobrir essa atração. Atualmente é um passeio quase que obrigatório para quem vai ao Chile pela primeira vez.

Mas é preciso tomar cuidado. Muitas empresas “piratas” levam turista ao local, muitas vezes em veículos desconfortáveis e sem condições de segurança. O ideal é verificar a reputação da empresa de turismo antes de contratar para não correr o risco do seu passeio se tornar um pesadelo.

A estrada para o Embalse El Yeso não recebe muita manutenção e quando começam as nevascas ela pode ficar inacessível. Algumas empresas insistem em levar turistas até lá, mesmo nessas condições.

Cuidado! Por questões de segurança não é recomendado visitar o Cajón del Maipo e o Embalse el Yeso quando há nevascas e nos dias seguintes, nem em passeios organizados por agências e muito menos por conta própria com carro alugado.

Vista-se confortavelmente. Use roupas leves na primavera e no verão e calçados confortáveis, mas leve com você um agasalho. Já no outono e inverno agasalhe-se bem e se possível use roupas preparadas para neve, incluindo botas impermeáveis.

Leve protetor solar, óculos de sol e água. Como boa parte do trajeto é feita em estrada de terra, vá preparado para algum desconforto durante a viagem.

De Junho a Agosto podem ocorrer tempestades de neve e a estrada ficar intransitável, tornando impossível a realização desse passeio. De Maio a Outubro você provavelmente vai ver muita neve. No resto do ano só irá ver neve no topo de algumas montanhas.

Respeite a montanha. Toda atividade em montanha tem riscos, mas eles são minimizados quando o visitante entende que precisa respeitar a montanha seguindo as regras de segurança e não se colocando em nenhuma situação de risco desnecessária.

Cajón del Maipo
Montanha nevada no Cajón del Maipo.

Seguro viagem para o Chile

Você sabia que no Chile não existe atendimento médico gratuito? Se você ficar doente ou sofrer uma acidente, terá que pagar por todo o atendimento, mesmo que seja em um hospital público. É extremamente recomendado contratar um seguro viagem para viajar para o Chile.

Chile

Nós sembre utilizamos a SegurosPromo para pesquisar e contratar nossos seguros viagem. Para você ter uma ideia, durante uma de nossas viagens para o Chile, o seguro da Assist-Card contratado pelo portal da SegurosPromo custou apenas R$ 105,00 para 12 dias de viagem. Tinha coberturas de até U$35.000 para despesas médicas, hospitalares e/ou odontológicas, farmacêuticas, translado médico, seguro de translado de corpo, extravio de bagagens e outras coberturas.

PROMOÇÃO DE FÉRIAS NA SEGUROS PROMO!
15% de desconto com o cupom FERIAS + 5% de desconto no boleto.
Não dê bobeira, há opções por menos de R$10,00 por dia.
Desconto já aplicado nesse link.
*Promoção válida até 19/12/2019, independente da época da viagem.


Leia também

Viagem para o Chile: o que fazer, pontos turísticos, roteiros, dicas para economizar

Roteiro de 5 dias em Santiago

Onde ficar em Santiago: melhores bairros, dicas de hotel, hostel e apartamento

Valle Nevado e Farellones: dia de neve em Santiago

Portillo: estação de esqui no Chile

Vinícola Concha y Toro – Como ir por conta própria

Valparaíso e Viña del Mar por conta própria

Puerto Varas e Frutillar – Patagônia Chilena

Fiquei doente no exterior! E agora?

VIAJE POR CONTA PRÓPRIA E ECONOMIZE MUITO!
Reserve hospedagem no Booking.com
Seguro Viagem com desconto em Segurospromo
Alugue um carro em Rentcars
Ingressos e passeios dentro do Brasil em Touron
Passagens aéreas promocionais em Passagens Promo
Passeios em Santiago com Destino Chile (cupom #bloglovers 10%OFF)
Tours pela América do sul em Denomades.com
Passagens de ônibus, trem e avião dentro da Europa em Omio
Ingressos e passeios pelo mundo em GetYourGuide
Chip Internacional com frete grátis em EasySIM4U
Chip Internacional da Viaje Conectado com 10%OFF cupom PROMO10

34 Comments

  1. Oscar 16/02/2017
    • Mochilão Barato 17/02/2017
  2. mylovelypassport 16/02/2017
    • Mochilão Barato 17/02/2017
  3. Francisco Piazenski 16/02/2017
    • Mochilão Barato 17/02/2017
  4. Marineira 16/02/2017
    • Mochilão Barato 17/02/2017
  5. Maryanne Mc Darby 17/02/2017
    • Mochilão Barato 17/02/2017
  6. Pollyane Martins 17/02/2017
    • Mochilão Barato 17/02/2017
  7. itamarjapa 17/02/2017
  8. Salonisses 18/02/2017
    • Mochilão Barato 18/02/2017
    • Mochilão Barato 19/02/2017
  9. Renata Sucena 19/02/2017
    • Mochilão Barato 02/03/2017
  10. Naná Coutinho 24/02/2017
    • Mochilão Barato 02/03/2017
  11. Juliano 11/09/2017
    • Mochilão Barato 11/09/2017
  12. carolcruzc 29/09/2017
    • Mochilão Barato 30/09/2017
  13. Marcelo 16/11/2017
    • Mochilão Barato 16/11/2017
  14. Kamila 17/01/2018
    • Mochilão Barato 17/01/2018
  15. Milena Nogueira 27/02/2018
    • Mochilão Barato 27/02/2018
      • Milena Nogueira 28/02/2018
  16. Larissa Fontineli 25/04/2018
  17. Anônimo 10/09/2018

Gostou? Deixe sua dúvida ou comentário!