Roteiro de 4 dias em Foz do Iguaçu

Visitamos novamente Foz do Iguaçu em novembro de 2016 e detalhamos aqui nosso roteiro de 4 dias. A cidade que possui inúmeros atrativos e representa um dos mais belos destinos turísticos do planeta é o segundo destino mais visitado por estrangeiros no Brasil.

O Mochilão Barato esteve em Foz do Iguaçu a convite da Agência Combo Iguassu e do Hotel Best Western Tarobá e foi representado pelos colaboradores Lidiane e Hamilton.

Nosso roteiro foi elaborado pela Agência Combo Iguassu de modo a preencher e otimizar o tempo que tínhamos para visitar a cidade. Em 4 dias é possível conhecer as principais atrações de Foz do Iguaçu e também da cidade argentina Puerto Iguazú, mas o ideal são 5 ou 6 dias, pois assim é possível visitar também Ciudad del Este no Paraguai e deixar um dia livre para possíveis contratempos.

1º Dia: Visita Panorâmica Itaipu e Passeio de Kattamaram

Usamos o serviço de transfer do aeroporto de Foz do Iguaçu oferecido pela Combo Iguassu e em 20 minutos chegamos ao Hotel Best Western Tarobá, que fica localizado bem no centro da cidade.

Fizemos todos os translados com a Combo Iguassu e recomendamos o serviço. A empresa sempre cumpriu com os horários e o transporte é realizado em carros de passeio ou vans, sempre novos e confortáveis.

Nosso primeiro passeio estava programado para as 14 horas. Fomos fazer a visita a Itaipu. A Usina Hidrelétrica Itaipu Binacional é a maior geradora de energia limpa e renovável do planeta e uma das 7 maravilhas da engenharia moderna. São várias opções de passeios para quem quer conhecer Itaipu, dentre eles destacamos a Visita Panorâmica, o Circuito especial e o Passeio de Kattamaram.

Nós optamos por fazer um roteiro combinando a Visita Panorâmica com o Passeio de Kattamaram. Às 15 horas iniciamos a Visita Panorâmica e finalizamos esse passeio no Porto Kattamaram, onde ficamos aguardando até às 19 horas, quando embarcamos para o Passeio de Kattamaram para ver o Por do Sol.

A Visita Panorâmica acontece todos os dias das 8h às 16h30h, com saídas a cada 30 min e tem duração aproximada de 2 horas. Custa R$ 31,00 (Integral) e R$ 15,50 (Meia-entrada). O Passeio de Kattamaram ocorre todos os dias às 14h, 16h e 19h* (horário de verão) e a navegação dura aproximadamente 1 hora. Custa R$ 80,00 (Integral).

Para saber mais acesse o post sobre a Visita a Itaipu.

2º Dia: Parque das Aves, Cataratas do Iguaçu lado brasileiro, Icebar e comércio em Puerto Iguazu

Nosso translado para o primeiro passeio do dia foi agendado para as 08 horas. Fomos ao Parque das Aves que fica localizado quase em frente ao Parque Nacional Iguaçu e o ingresso custa R$ 36,00. São mais de 1100 animais e mais de 140 espécies. Apesar do nome, o local também possui muitos répteis. O parque é lindo, cercado pela mata atlântica. Foi uma oportunidade única de contato com a fauna e flora da região. O viveiro das araras é fantástico! Além de tudo 50% das aves do parque foram resgatadas após sofrerem maus tratos ou tráfico de animais. O passeio durou cerca de 01:30 h.

Parque das Aves em Foz do Iguaçu

De lá seguimos a pé para o Parque Nacional do Iguaçu, patrimônio natural da humanidade, onde estão localizadas as Cataratas do Iguaçu, uma das 7 novas maravilhas da natureza. O Parque recebe anualmente mais de 1 milhão de visitantes. A expressiva variabilidade biológica e à paisagem de rara beleza das Cataratas do Iguaçu, fizeram o Parque Nacional ser considerado Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO em 1986.

Cataratas do Iguaçu lado brasileiro

O passeio dura de 2 a 4 horas. No Centro de Visitantes você pode tomar um ônibus até o início da trilha ou alguma das paradas para os passeios adicionais. Se você optar por fazer toda a trilha, serão cerca de 1200 metros.

Atualmente os ingressos para brasileiros custam R$ 37,00 (adulto), R$ 9,00 (crianças até 11 anos e idosos a partir de 60 anos). O acesso às Cataratas do Iguaçu pelo lado brasileiro, acontece diariamente das 9h às 17h.

Para saber mais acesse o post sobre as Cataratas do Iguaçu.

Voltamos ao hotel às 15 horas e descansar um pouco para os passeios da noite na cidade de Puerto Iguazu na Argentina. Saímos do hotel às 17:30h e tivemos uma passagem bem tranquila nas aduanas brasileira e argentina, vale ressaltar a necessidade apresentar documento de identidade com foto no caso de turistas de países pertencentes ao MERCOSUL, já turistas de outras nacionalidades é obrigatório apresentar o passaporte. Em solo argentino tivemos que pagar taxa de turismo no valor de 20 pesos, equivalente a 4 reais, por pessoa. Guarde o comprovante, pois ele é válido por um mês.

No comércio da cidade de Puerto Iguazú há várias lojas de artesanato, vinho, roupas, bares e restaurantes. O real é aceito em todo comércio. Também visitamos a feirinha da cidade que oferece uma infinidade de alimentos, entre eles queijos, azeitonas de todos os tipos, doces de leite e os deliciosos alfajores.

Para finalizar o dia fomos conhecer o Icebar Iguazú. O local é pequeno e feito todo em gelo. Possui várias esculturas de gelo e até o copo é de gelo. A permanência é de 30 minutos, o ingresso custa R$ 60,00 e dá direito a open bar. São servidos drinks, cervejas e refrigerantes. A música é bem animada e ajuda a esquentar o corpo diante do frio. Na entrada recebemos casaco e luva, mas vá de calça e sapatos fechados, pois a temperatura no bar gira em torno 10 graus negativos.

Icebar Puerto Iguazu

A saída do transfer da Combo Iguassu de Puerto Iguazu para os hotéis em Foz do Iguaçu acontece por volta das 22:30h.

Está gostando desse post? Que tal curtir nossa página no Facebook?

3º Dia: Cataratas do Iguaçu lado argentino e Churrascaria Rafain Show

Às 09 horas saímos em direção às Cataratas do Iguaçu no lado argentino. Devido ao grande número de turistas e lentidão do sistema ficamos aguardando cerca de 30 minutos na Aduna argentina. A entrada do Parque Nacional do Iguazú foi rápida e o ingresso custa 250 pesos argentino, e o real não é aceito na bilheteria do parque. Já nas lanchonetes, restaurantes e lojas dentro do parque a moeda brasileira é aceita normalmente. O transfer da Combo Iguassu  faz uma parada em um casa de câmbio de confiança para que seja feito cambio de reais para pesos.

Garganta do diabo

O Parque Nacional do Iguazú impressiona pela beleza da vegetação e fauna. Ficamos encantados com a variedade de borboletas no dia do nosso passeio. Seguimos caminhando por uma trilha por cerca de 600 metros e optamos por fazer apenas a trilha superior do passeio. No decorrer do percurso passarelas permitem observar as quedas d’agua pela parte de cima das cataratas. Há um trenzinho que possibilita a continuidade do passeio até a Garganta do Diabo. Após a estação ainda é necessário caminhar cerca de 1 km para chegar ao mirante. O volume e força das águas são impressionantes! Ficamos no parque até às 16 h e retornamos ao hotel.

Cataratas do Iguaçu lado argentino

De volta a Foz do Iguaçu, fomos jantar na Rafain Churrascaria Show. A sua tradição e popularidade faz desta churrascaria uma das melhores opções de Foz do Iguaçu. Durante o jantar acontece um maravilhoso e fascinante Show Latino-americano representando por artistas de diversos países como: Argentina, Paraguai, Chile, Bolívia, Peru e Brasil. O ingresso custa R$ 122,00 por pessoa e dá direito a jantar com buffet livre.

4º Dia: City tour em Foz do Iguaçu

No nosso último dia na cidade fizemos o City Tour. Nosso primeiro destino foi a Mesquita Muçulmana. Foz do Iguaçu tem a segunda maior comunidade muçulmana do Brasil. Conseguimos conhecer a mesquita apenas do lado externo, pois o local está em obras.

Na sequência fomos ao Ecomuseu Itaipu Binacional (entrada R$ 12,00). Fizemos a visitação em 1 hora, contudo recomendamos no mínimo 2 horas para conseguir conhecer o museu com tranquilidade. As obras do museu interativo retratam a construção da Itaipu e impacto histórico, cultural e social na cidade após a construção da hidrelétrica. Também há representação de toda fauna e flora da região. Os animais mortos conservados pela técnica da taxidermia são surpreendentes. São várias obras, entre as mais interessantes, está uma maquete enorme da bacia hidrográfica da região. Em toda a visitação havia guia para orientar sobre as obras do museu. Gostamos muito, vale a pena conhecer.

O Marco das Três Fronteiras, estava na programação do City Tour, contudo o local está em reforma e não foi possível conhece-lo.

Finalizando nosso passeio, seguimos para o Templo Budista. Localizado em uma região alta da cidade, é possível ver parte da ponte da amizade ligando Foz do Iguaçu à Ciudad Del Este. O local é muito bonito e transmite muita paz e tranquilidade. São centenas de estatuas, cada uma com um significado diferente.

templo budista em Foz do Iguaçu

Todos os passeios, visitas e translados que fizemos durante os 4 dias do nosso roteiro podem ser organizados pela Combo Iguassu. Existem muitas outras atrações na cidade. Infelizmente não tivemos tempo para conhecer tudo que Foz do Iguaçu e a região oferece. Mas isso só nos dá a certeza de que em uma outra oportunidade voltaremos.

Faça de Foz do Iguaçu o seu próximo destino!

Hospedagem em Foz do Iguaçu

Nossa hospedagem no Hotel Best Western Tarobá foi perfeita. O hotel possui uma excelente estrutura, as acomodações são muito confortáveis. O café da manhã é diversificado e saboroso e é servido a partir das 04 horas da manhã. Conta com piscina aquecida e boa área de lazer. Fica localizado na área central, bem próximo ao Terminal de Transporte Urbano, de diversos restaurantes, supermercado, bares e padarias. Do aeroporto ao hotel foram cerca de 20 minutos de carro. No mesmo local funciona a Agência Combo Iguassu, facilitando a contratação de passeios em Foz do Iguaçu e região.

Reserve sua hospedagem conosco

Reserve sua hospedagem no Hotel Best Western Tarobá através desse link e ajude-nos a manter o blog no ar, sempre com novas postagens e muitas dicas de como viajar gastando pouco!

O Mochilão Barato viajou  a convite da Agência Combo Iguassu e do Hotel Best Western Tarobá, porém todas as experiências e opiniões relatadas são independentes e exprimem a realidade.


Veja também

Cataratas do Iguaçu lado brasileiro

Visita a Itaipu

Conhecendo o Paraguai

Missões Jesuítas no Paraguai

Assine nosso blog e receba por email um aviso a cada nova postagem!

Siga também nas redes sociais!

12 Comments

  1. Mariana Bueno 16/12/2016
  2. Tássia Corina 16/12/2016
  3. Gê Azevedo 16/12/2016
    • Mochilão Barato 16/12/2016
  4. angiesantanna 18/12/2016
  5. quartodeviagem 18/12/2016
  6. Josiane Bravo 18/12/2016
  7. itamarjapa 18/12/2016
  8. Vaneza Narciso 18/12/2016
  9. Dayana 19/12/2016

Gostou? Deixe sua dúvida ou comentário!