Puerto Varas e Frutillar – Patagônia Chilena

Após a grata surpresa de uma ótima estádia em Valdívia, cidade que não constava originalmente no meu roteiro, segui viagem mais ao sul do Chile para minha ultima parada naquele país. Em Puerto Varas meu maior objetivo principal era conhecer o vulcão Osorno, o mais famoso da cidade

Placa indicando Patagônia em Puerto Varas

Como chegar em Puerto Varas

Puerto Varas está localizada cerca de 1100 Km ao Sul de Santiago, na região dos Lagos Andinos.  Optei por ir de ônibus desde Valdívia. Uma viagem tranquila e de pouco mais de duas horas. Entretanto também existem ônibus noturnos que ligam a cidade a capital Santiago em cerca de 12 horas de viagem. Desde Pucón há ônibus que fazem a viagem em cerca de 3 horas.

História de Puerto Varas

Localizada na Décima região, é uma cidade tranquila, tendo com principais atrações seus lagos, vulcões e parques. Colonizada por imigrantes alemães, a partir de 1852, é conhecida como “Cidade das Rosas”, graças a quantidade desse tipo de flor que podem ser vistas na cidade nos meses da primavera. Entre ela e a vizinha Puert Montt está o vulcão Osorno, símbolo natural e principal vulcão da região.

Hospedagem em Puerto Varas

Fiquei hospedado em uma pousada chamada Hostal Opapa Juan. Foi a hospedagem com banheiro privado mais barata que eu encontrei. O quarto é bem confortável, com TV a cabo e o café da manhã é agradável. Fica a uma curta distância do centro da cidade, sendo possível ir caminhando.

Atrações de Puerto Varas

É uma cidade bem pequena, onde quase todas as distâncias podem ser percorridas a pé. Quem gostam de caminhar tirar fotos, sentar nas praças, admirar a paisagem ou ainda tomar um delicioso chocolate quente ou café, vai adorar a cidade.

lago Llanquihue em Puerto Varas

Nos arredores você ainda pode visitar centros termais e de sky, praticar pesca, rafting, trekking, passeios náuticos, cavalgadas, alpinismo, etc.

Placa em Puerto Varas

Assim que cheguei na cidade fui direto para o hotel deixar minha mochila e como o tempo que estava chuvoso mudou para um céu claro e com sol, corri para o lago para procurar um tour que me levasse ao vulcão Osorno naquela mesma tarde. Contratei no centro de atendimento ao turista e fui informado que fazia muito frio no vulcão e havia até a possibilidade de nevar. Voltei ao hotel para me agasalhar melhor, almocei e fui ao encontro da van que me levaria ao vulcão. Para variar, todos na van eram brasileiros e a guia falava um portunhol até bom, quase português.Vulcão Osorno

No trajeto ela explicou sobre os lagos e sobre os outros vulcões que existem na região. Há paradas para ver os buracos abertos no solo durante as erupções do vulcão pelos gases expelidos e pela larva e por fim chega-se ao centro de esqui do vulcão Osorno. A temporada de esqui já havia acabado, porém o restaurante ainda estava funcionando e foi ótimo tomar um chocolate quente e comer uma torta após caminhar pelo gelado vulcão Osorno.

Vulcão Osorno em Puerto Varas

Realmente fazia muito frio e chegou a nevar bem fraco durante o tempo que estive lá. Caminhei bastante e brinquei na neve. Várias famílias de chilenos estavam por lá e é muito fácil chegar lá de carro próprio ou alugado, fica a dica para quem estiver em grupo. A guia disponibilizou cerca de 2 horas para atividades livres e logo estávamos voltando para a cidade.

Vulcão Osorno em Puerto Varas

No outro pela manhã chovia muito e não havia nenhuma possibilidade de realizar alguma atividade em Puerto Varas. Após o almoço resolvi ir de ônibus de linha até Frutillar, uma pequena cidade a cerca de 30 minutos de Puerto Varas, também fundada por imigrantes alemães e que tem aproximadamente 5.000 habitantes, tendo como principais atrações a arquitetura alemã e o Museu Colonial Alemão.

Lago em Frutillar

Frutillar no Chile

Depois de tanto caminhar só mesmo um delicioso sanduíche chileno para repor minhas energias.

sanduíche chileno

No outro dia de manhã segui para Puerto Montt de ônibus coletivo mesmo. O táxi até lá fica bem caro. Pegue o ônibus coletivo que vai para Puerto Montt e desça no terminal rodoviário e de lá sai um ônibus para o aeroporto a cada 30 minutos. Se estiver sozinho ou em até 3 pessoas é a melhor opção.

E assim chegou ao fim minha viagem pelo Chile. Um lindo país, cheio de paisagens exuberantes, com um povo muito hospitaleiro e patriota e que pretendo conhecer melhor no futuro.


Leia também

Roteiro de 12 dias de viagem para o Chile

Câmbio em Santiago: que moeda levar para o Chile

Os Saltos de Petrohué

Vulcão Osorno 

Valdívia! Uma cidade a ser incluída em seu roteiro pelo Chile!

12 Comments

  1. Frederico Lopes 12/04/2015
    • Rozembergue 16/04/2015
  2. Buno Rezende 02/09/2015
    • Rozembergue 02/09/2015
  3. Vivian 27/02/2016
    • Mochilão Barato 27/02/2016
  4. littethingsmaa 18/06/2016
    • Mochilão Barato 18/06/2016
  5. ELIZEU 12/07/2016
    • Mochilão Barato 13/07/2016
  6. s 28/07/2016
    • Mochilão Barato 28/07/2016

Gostou? Deixe sua dúvida ou comentário!