Passeio em Pucón Chile – Tour pela região e Termas

Pucón é considerada um dos principais destinos ecoturísticos do Chile. A cidade tem atrações e atividades para todos os públicos. Um passeio bem legal na cidade é conhecido como “Tour por la zona y Termas“. Organizado pela maioria das agências de turismo da cidade, percorre algumas das atrações da região, finalizando em uma das Termas de Pucón. Nós fizemos esse passeio e contamos como foi nesse post.

Vulcão Villarica em Pucón

Vulcão Villarica em Pucón

Durante o inverno Pucón é um destino muito popular entre esquiadores e turistas que buscam dar os primeiros passos na neve. Mas é a partir de setembro, quando as temperaturas sobem, que a diversidade da natureza dessa parte do Chile, repleta de rios,  lagos, montanhas e vulcões, pode ser melhor explorada.

A pacata cidade de 30 mil habitantes na beira do Lago Villarrica oferece uma variedade de esportes e atividades ligadas ao ecoturismo, incluindo esqui aquático, snow-board, trilhas, rafting, cachoeiras belíssimas e a escalada do Vulcão Villarrica e chega a receber 100 mil turistas no verão.

Tour por la zona y Termas

Apesar de ser possível chegar em todas as atrações visitadas durante esse tour por conta própria, quem não está de carro acaba perdendo muito tempo entre um ônibus e outro, fora o fato de que no verão eles geralmente transitam bem cheios. Uma forma prática de conhecer a região é se juntando ao tour organizado pelas diversas empresas de turismo de Pucón.

O tour tem duração média de 5 horas e passa pelos locais mais característicos da região, como os saltos Mariman, Los Ojos del Caburgua, a Lagoa Azul e a praia do Lago Caburgua. A última parada é uma das termas da cidade, com 2 horas para relaxamento e banho nas águas termais.

Nós fizemos o passeio organizado pela Politur, a agência de turismo mais tradicional da cidade.  A van da empresa passou no hotel por volta das 15 horas. A primeira parada foi em uma vila de artesanato e comida indígena. Então passamos pelo Mirante Quelhue, de onde se vê o vulcões Villarrica, Mocho e Lanin. Em seguida fomos em direção ao Lago Caburgua, antes parando no Mirante El Turbio, para mais uma vez apreciar o Vulcão Villarica. O Lago Caburga mais parece uma praia e o local é conhecido como Playa Blanca.

Tour por la Zona

Playa Blanca. Infelizmente o dia estava nublado.

De lá fomos para os Saltos del Marimán. É um belo parque, onde é possível ver toda a flora nativas de Pucón, em especial as copihues, a flor nacional do Chile. As cachoeiras do rio Trancura são muito bonitas e a trilha bem marcada.

Tour por la zona Pucón
Está gostando desse post? Que tal curtir nossa página no Facebook?

A próxima parada foi em Los Ojos del Caburgua. Eles são formados por dois cordões que emergem formando um um conjunto de quedas d’águas e uma bela lagoa azul, já a cerca de 20 quilômetros de Pucón.

Pucón, Chile

Bem ao lado fica a Lagoa azul, que ganha a coloração azul devido à incidência de luz durante algumas horas do dia. No local há um lindo bosque com trilhas. Não é permitido entrar em nenhuma das cachoeiras e piscinas naturais, até porque as águas são bem geladas em qualquer época do ano.

Pucón Chile

A última parada foi em uma terma, onde existem 3 piscinas com temperaturas variando de 34 a 42ºC. O espaço oferece serviços extras como massagem, além de haver uma lanchonete e um restaurante no local. Foram 2 horas para relaxamento e banho nas águas termais.

Estrutura externa da Terma.

O passeio custava 25.000 pesos chilenos por pessoa em janeiro de 2017. Para valores atuais e maiores informações acesse o site da Politur.


Leia também

Pucón! A cidade do Vulcão

Rafting em Pucón

Roteiro de 12 dias no Chile

Documentos para entrar no Chile

Que moeda levar para o Chile

Gostou? Deixe sua dúvida ou comentário!