CHI CHI CHI LE LE LE! VIVA CHILE! CONHECENDO SANTIAGO! Parte 2!

Santiago

Olá viajantes!

Após uma boa noite de sono, acordei por volta das 09h, encontrei meu primo e sua esposa e fomos bater perna por Santiago. Esse dia foi separado para conhecer toda a região central e seus principais pontos turísticos a pé. Andamos bastante e só utilizamos o transporte público (metrô) para voltar ao hotel no fim do dia. Para quem gosta de andar é uma opção bastante interessante.

O que fazer em Santiago

Iniciamos nosso walking tour pelo Palácio de La Moneda, a sede do governo chileno. É um prédio histórico, onde funcionou a Casa da Moeda chilena. Não fizemos o tour interno. Apenas conhecemos por fora.

De lá seguimos para o Paseo Ahumada, a principal rua de comércio do centro de Santiago. Nessa rua há filiais da Ripley e Falabella. Bem próximo dali estão as casas de câmbio, nas ruas Agustinas e Moneda. Recomendo que troquem seus reais por pesos chilenos nesse local. É que como disse anteriormente, o real só tem uma boa cotação em Santiago. No interior ele desvaloriza bastante. E apenas em alguns poucos locais de Santiago o real é aceito, e mesmo assim com cotação inferior a das casas de câmbio. Já o dólar tem a mesma cotação tanto em Santiago quanto no interior e é bem mais aceito nos restaurantes e hotéis.

Visitamos o Museo de Arte Pré-colombiano. Com milhares de peças do período pré-colombiano pertencentes a vários povos que habitavam o continente americano antes da chegada dos espanhóis, é muito interessante, principalmente para quem ainda não visitou o Peru e seus museus. O ingresso custou 3000 pesos.

Bem próximo fica a Catedral Metropolitana de Santiago. Muito bonita, repleta de obras de arte e rica em detalhes, é um local que deve ser visitado até mesmo por quem não é católico.

A próxima parada foi a Plaza de Armas, que estava fechada para reformas. Foi possível perceber que ela é grande e arborizada e está rodeada por diversas construções históricas, como a Catedral Metropolitana, o prédio dos Correios e o Museu Histórico Nacional.

Seguimos para o Mercado Central. De um lado fica o verdadeiro mercado, onde os santiaguinos compram pescado e verduras. Do outro, o mercado turístico, onde diversas pessoas, muitas delas falando português, vão fazer de tudo para que você almoce em seu restaurante.  Vale uma passada rápida, até porque existem melhores restaurantes e com preços mais em conta na região.

Hora da para para almoço. Escolhemos um pequeno restaurante e pedimos o menu do dia. Em Santiago é comum os restaurantes oferecerem um menu composto por entrada, prato principal, sobremesa e uma bebida por um preço especial. Os restaurantes que oferecem o menu normalmente colocam uma placa na frente informando o preço e a composição do menu. Fica a dica para economizar com as refeições.

Caminhamos até o Cerro Santa Lucia. É um morro localizado na região central de Santiago de onde tem-se uma bonita vista da cidade estando dentro dela. Além disso, o Cerro faz parte de um parque que é bem bonito. Vale muito a pena caminhar por lá e subir até o mirante localizado no ponto mais alto. Para chegar lá é preciso encarar escadas e rampas. No caminho há algumas paradas como a Terraza Neptuno, uma grande fonte de água inspirada na Fontana di Trevi, de Roma.

Seguimos para o Cerro San Cristóbal, passamos pelo bairro Bellavista. É o bairro boêmio de Santiago, onde estão concentrados a maioria dos bares e boates. A tarde muitos dos bares já estão cheios, para quem gosta,  é um bom local para uma parada estratégica.

O acesso ao Cerro San Cristóbal, um dos morros mais altos da cidade, se dá através de um Funicular, espécie de trem, ou para os mais animados a pé ou de bicicleta. No alto do morro há um santuário religioso. A vista é panorâmica. sendo possível ver toda Santiago e a Cordilheira dos Andes. É de lá, no inverno,  que se tira aquela clássica foto de Santiago, com a cidade a frente e a Cordilheira atrás toda branca da neve.

Para finalizar caminhamos pelo bairro Providência, um dos bairros mais modernos de Santiago. É nesse bairro que está o Shopping Costanera, maior shopping da América do Sul e a Gran Torre Costanera, o prédio maios alto da América Latina, com 64 andares e 300 metros de altura.

Espero que estejam gostando!

Continua no próximo post!

Gostou? Deixe sua dúvida ou comentário!