Câmbio em Santiago: que moeda levar para o Chile

Vai viajar para o Chile e não sabe qual moeda levar? Reais, dólares, euros ou pesos chilenos? Essa é uma pergunta recorrente nos e-mails e mensagens enviadas pelos nossos leitores, que não sabem que moeda levar para o Chile. Por isso preparamos esse post para esclarecer essa dúvida.

vulcão villarica Pucon

Vulcão Villarica em Pucón

Moeda do Chile

A moeda corrente no Chile é o peso chileno. Em nossa última viagem para lá, em janeiro de 2017, 1 real valia 194 pesos chilenos se trocado nas casas de câmbio de Santiago, mas de lá para cá o real se valorizou e atualmente (abril de 2017) a taxa de câmbio está em cerca de 1 real para 230 pesos chilenos.

que moeda levar para o Chile

Vale a pena levar reais para o Chile?

A resposta é sim! Se você preferir comprar pesos chilenos em uma casa de câmbio aqui no Brasil, é quase certo que não vai conseguir uma taxa de câmbio igual a praticada em Santiago. Mas perceba, quando dizemos Santiago é porque essa lógica só é válida para a capital chilena, já que nas casas de câmbio do interior do país o real não tem o mesmo valor das casas de câmbio em Santiago.

Resumindo, nós recomendamos que o leitor leve reais para o Chile e faça o câmbio por pesos chilenos em Santiago, onde vai encontrar as melhores cotações.

que moeda levar para o chile

Centro de Santiago

Vale a pena levar dólar, euros ou libras para o Chile?

Quem compra moeda estrangeira no Brasil precisa pagar o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) de 1,1% para papel moeda e 6,38% para cartão de débito pré-pago e cheques de viagem 6,3%. Dessa forma, se você comprar dólares, euro, libras ou qualquer outra moeda estrangeira para levar ao Chile e trocar por pesos chilenos ao pagar o IOF acaba perdendo um pouco do seu dinheiro, sem contar com as taxas que algumas casas de câmbio e bancos costumam cobrar. Já no Chile não se paga taxa para conversão.

Caso você tenha já tenha dólares, euros ou libras, vale a pena levá-los para o Chile, porém quem não tem, vale mais a pena levar reais e trocar por pesos em Santiago.

Dólares para pagamento de hospedagem

No Chile há um imposto sobre hospedagem de 19%, mas os estrangeiros que pagam em dólares ou no cartão de crédito estão isentos dessa taxa. Para quem vai pagar hospedagem no Chile em dinheiro é mais interessante comprar dólares no Brasil na quantidade suficiente para pagar essas despesas e deixar de pagar o imposto chileno de 19%.

Está gostando desse post? Que tal curtir nossa página no Facebook?

Câmbio no aeroporto de Santiago

Como na maioria das cidades, a cotação das casas de câmbio do aeroporto de Santiago não são boas. Se você precisar de dinheiro para pagar o táxi, transfer ou transporte público tente trocar o mínimo possível. Lembre-se que você pode pagar o táxi ou transfer com o cartão de crédito e quem preferir utilizar o transporte público pode trocar alguns poucos reais por pesos para pagar pelas passagens.

No aeroporto as casas de câmbio funcionam 24 horas. Já no centro de Santiago, Providência e Bela Vista elas funcionam no horário comercial. As que ficam nos shoppings seguem o horário de funcionamento deles.

que moeda levar para o Chile

Pesos chilenos. Foto: blog O Melhor Mês do Ano

Conclusão

Entendemos que a melhor opção é levar reais para serem trocados por pesos chilenos em Santiago, para os gastos gerais da viagem e levar dólares no valor suficiente para pagar por sua hospedagem.

Quem não tem segurança de viajar com dinheiro vivo pode adquirir um cartão pré-pago internacional nas casas de câmbio ou bancos brasileiros e carregá-lo com dólares ou pesos chilenos. Apesar do valor mais alto do IOF e das taxas pagas a cada saque, você terá a segurança de ter o cartão reposto em caso de perda, furto ou roubo, onde estiver e em um prazo bem curto.

Se você preferir pagar suas despesas no Chile com o o cartão de crédito não se esqueça de pedir o desbloqueio junto a operadora e que irá pagar IOF de 6,38% e ainda fica sujeito a variação da cotação da moeda estrangeira até o fechamento da fatura.

As melhores cotações estão nas casas de câmbio da calle Agustinas entre o Paseo Ahumada e calle Banderas, no centro de Santiago. Nos bairros de Providencia e Bela Vista também há casas de câmbio com boa cotação para o real.

Não compre pesos no Brasil, você pode ter perdas de até 20% em relação as trocas realizadas em Santiago. Até mesmo a cotação das casas de câmbio do aeroporto de Santiago são melhores que as praticadas no Brasil.

SEGURO VIAGEM PARA O CHILE

No Chile não existe atendimento médico gratuito. Se você ficar doente por lá vai ter que pagar por atendimento médico, mesmo que seja em um hospital público.

A melhor forma de se precaver e poder viajar em segurança e ter a certeza que caso fique doente receberá um ótimo atendimento médico é contratar um seguro de viagem internacional.

Nós utilizamos a Segurospromo para contratar seguro viagem em nossas últimas viagens e recomendamos. Use o cupom MOCHILAOBARATO5 na tela de pagamento e garanta 5% de desconto e mais 5% de desconto para pagamento via boleto. Caso prefira, o pagamento ainda pode ser feito em até 12 vezes no cartão de crédito.
300x250


Leia também:

Roteiro de 12 dias pelo Chile

Chi Chi Chi le le le! Viva Chile! Conhecendo Santiago!

Valparaíso e Viña del Mar por conta própria

Pucón! A cidade do Vulcão!

Valdívia! Uma cidade a ser incluída em seu roteiro pelo Chile!

Puerto Varas e Frutillar – Patagônia Chilena

Assine a Newsletter e receba por e-mail um aviso a cada nova postagem!

Siga também em nossas redes sociais.

10 Comments

  1. Camila Lisboa 02/05/2017
  2. Thais 29/05/2017
  3. Fabio 29/05/2017
  4. Luciana Rodrigues 30/05/2017
  5. Zelinda Arêas 30/05/2017
    • Mochilão Barato 30/05/2017
  6. polianacardozo 30/05/2017
  7. Néia 06/08/2017
    • Mochilão Barato 06/08/2017

Gostou? Deixe sua dúvida ou comentário!